Vereadores de Votuporanga aprovam ‘alteração de referência’ e salários de 24 servidores sobem até 25%

Texto final prevê reajuste de 22% a 25% aos contadores da Administração Municipal

Os vereadores de Votuporanga aprovaram na noite desta segunda-feira (18) uma alteração de referência de salários no cargo de contador da Prefeitura de Votuporanga e da SAEV na 22ª Sessão Ordinária realizada da Câmara Municipal.

A alteração impacta diretamente os salários destes servidores públicos que terão um reajuste de até 25%, conforme os valores descritos no projeto de lei complementar.

O impacto orçamentário-financeiro na Administração Direta para 2018 é de R$183.458,07, para 2019 de R$276.345,78 e para 2020 de R$292.926,53. Já o impacto orçamentário-financeiro na Saev Ambiental para 2018 é de R$54.494,31, para 2019 de R$57.219,03 e para 2020 de R$60.079,98.

Os pareceres das Comissões de Finanças e Orçamentos, e a de Justiça e Redação também foram aprovados e segunda elas estão de acordo com as leis vigentes e os orçamentos financeiros. 

Para o vereador Dr. Ali “Todos os projetos que visam valorizar o serviço público eu apoio, não tem como aumentar o salário de todos de uma vez, devido a lei de responsabilidade fiscal. As coisas tem que ser paulatinamente. Um contador ganhar R$2.800,00 à R$3.000,00 é muito pouco, eu não trabalharia por isso. Os trabalhos dos contadores não é fácil, é uma questão de justiça. Não tem como o Prefeito conceder aumento para o todos, mas é um parâmetro para cobrar o aumento dos salários de outras categorias”. 

Já o vereador Marcelo Coienca “Respeito a opinião de todos e respeito os contadores, tenho certeza das suas capacidades e responsabilidades. Mas eu acho Sr. Presidente que não é o momento. Em abril de 2018, um informativo da Prefeitura de Votuporanga afirmou “mesmo com o orçamento apertado”. Aí a gente vê isso em Abril, e agora, fica incoerente este aumento. Voto contra, não contra o aumento, mas representando mais de 2 mil servidores, eu não posso concordar com isso aqui, se cortasse na carne, diminuindo as secretárias, o reajuste seria para todos”.

Ainda utilizaram a Tribuna os vereadores Rodrigo Beleza, Chandelly Protetor, Professor Casali, Emerson Pereira que justificaram os seus votos favoráveis à aprovação do projeto. Os vereadores que votaram contra foram Silvio Carvalho e Marcelo Coienca. 

Similar Posts

%d bloggers like this: