Connect with us

Manchete

Um em cada quatro desempregados procura vaga há dois anos, diz IBGE

Pesquisa mostra que 3,347 mi de pessoas estão nesta situação no segundo trimestre de 2019. Problema atingia 1,435 mi de brasileiros em 2015

Um em cada quatro desempregados procura uma vaga de trabalho há pelo menos dois anos. É o que diz a Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) Contínua Trimestral, divulgada nesta quinta-feira (15) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). 

A pesquisa considera os meses de abril, maio e junho deste ano.

São 3,347 milhões de pessoas nesta condição. Segundo o IBGE, mais 196 mil pessoas entram para a estatística no período.

Em 2015, 1,435 milhões de brasileiros procuravam emprego há pelo menos dois anos, indicador que mostra a tendência de crescimento do número em função da dificuldade da inserção no mercado de trabalho a partir do início da crise econômica no final de 2014.

O elevado tempo de procura de emprego é um dos fatores que influencia o crescimento do número de desalentados, ou seja, pessoas que desistiram de procurar uma vaga no mercado de trabalho. 

A pesquisa mostra que, no segundo trimestre, o país tinha 4,9 milhões de desalentados, sendo que a maior parte deles está na Bahia (766 mil pessoas) e no Maranhão (588 mil pessoas).

Além do desalento, o grande tempo de procura por um emprego com carteira assinada impulsiona a informalidade, já que as pessoas optam por esta forma de trabalho enquanto não encontram uma oportunidade formal.

 Hoje, o país tem 19,4 milhões de trabalhadores por conta própria sem CNPJ, 11,5 milhões de empregados sem carteira assinada e 873 mil de empregadores sem CNPJ.

A taxa de desocupação no país ficou em 12% no segundo trimestre do ano, atingindo 12,8 milhões de brasileiros. O valor é menor do que o registrado no primeiro treimestre do ano (12,7%) e no segundo trimestre de 2018 (12,4%).

Desemprego por Estados

A pesquisa mostra que a taxa de desemprego recuou em 10 das 27 unidades da federação e se manteve estável nas outras, em comparação com o primeiro trimestre do ano. 

As maiores taxas de desocupação foram observadas na Bahia (17,3%), Amapá (16,9%) e Pernambuco (16%) e as menores em Santa Catarina (6%), Rondônia (6,7%) e Rio Grande do Sul (8,2%).

A taxa de desocupação do país no segundo trimestre foi de 12%, ficando abaixo do registrado no primeiro trimestre (12,7%) e do mesmo trimestre de 2018 (12,4%).

Fonte: Giuliana Saringer, do R7

Deixe seu comentário

Manchete

Univesp abre inscrições para vestibular 2020 nesta terça-feira

Serão ofertadas mais de 16 mil vagas em mais de 300 municípios; interessados têm até 14 de novembro para se inscrever

Seg, 14/10/2019 – 8h09 | Do Portal do Governo FACEBOOKTWITTERENVIAR POR E-MAIL
A Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp) abre nesta terça-feira (15), as inscrições para mais de 16 mil vagas do vestibular anual 2020, destinadas a 305 municípios, o maior processo seletivo em extensão territorial e número de vagas gratuitas do ensino superior paulista. As inscrições terminam em 14 de novembro, às 15h, e devem ser feitas pelo site vestibular.univesp.br.

O custo da inscrição é de R$ 45. As provas serão realizadas em 1º de dezembro e as aulas começam em fevereiro. Serão oferecidos seis cursos, com duas áreas básicas de ingresso:
– Letras (licenciatura)
– Matemática (licenciatura)
– Pedagogia (licenciatura)
– Tecnologia da Informação (BTI – bacharelado)
– Ciência de Dados (bacharelado)
– Engenharia de Computação (bacharelado)

A relação completa das vagas oferecidas está na tabela abaixo. Não há limite de idade. Para participar do vestibular, basta ter concluído o ensino médio ou estar cursando, com a conclusão até o período da matrícula. Nos primeiros dias, entre terça-feira (15), às 15h, até sexta-feira (18), às 15h, todas as pessoas inscritas no Cadastro Único do Governo Federal (CadÚnico) terão isenção da taxa.

Também será concedida a redução de 50% do valor da taxa de inscrição, em conformidade com a Lei Estadual nº 12.782/2017, aos candidatos que preencham cumulativamente, os seguintes requisitos: estejam regularmente matriculados no ensino médio ou equivalente, no 3º semestre da Educação de Jovens e Adultos (EJA), em curso pré-vestibular ou em curso superior, em nível de graduação ou pós-graduação ou que recebam remuneração mensal inferior a 2 (dois) salários mínimos ou desempregados. Os benefícios são concedidos no site do vestibular. No momento da inscrição, basta clicar em “redução de taxa” ou “isenção”.

Prova

O exame será realizado em 1º de dezembro, às 13h, de forma presencial nas cidades que englobam diversas regiões do Estado de São Paulo. A lista completa dos locais da prova também estará disponível em vestibular.univesp.br, em 28 de novembro. O gabarito oficial da prova será divulgado em 2 de dezembro, no site do vestibular.

De acordo com o Presidente da Univesp, professor Rodolfo Azevedo, o vestibular 2020 foi planejado para atender um grande número de municípios e ampliar o acesso ao ensino superior gratuito. “Durante o ano, intensificamos as vistorias em unidades presenciais e contamos com o apoio das prefeituras e órgãos parceiros para oferecer vagas. Acredito que levar educação de qualidade é um compromisso de Governo. Estamos cumprindo o nosso papel de inclusão e de compartilhamento do conhecimento, o bem mais precioso da atualidade”, ressalta.

Cursos

Os alunos do eixo de Computação (Tecnologia da Informação, Ciência de Dados e Engenharia de Computação), farão a opção entre os três cursos após um ano e meio. “O aluno terá a possibilidade de se formar em três anos, como bacharel de Tecnologia da Informação. Se continuar por mais um ano, será um cientista de dados e, se prosseguir por mais dois anos, se forma engenheiro.

O setor de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) foi responsável por 7% do PIB de 2018 e gerou 43 mil novos trabalhos. De acordo com relatório da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), a área demandará 420 mil novos empregos até 2024”, completa.

Os ingressantes nas Licenciaturas, como no vestibular passado, cursarão um ano de ciclo básico, com opção de habilitação a partir do 2º ano em: Letras, Matemática e Pedagogia. Para saber mais sobre os cursos, acesse univesp.br/cursos.

A Univesp

Criada em 2012, a Universidade Virtual do Estado de São Paulo é uma instituição exclusivamente de educação a distância, mantida pelo Governo do Estado de São Paulo e vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico. Entre seus principais parceiros, destacam-se o Centro Paula Souza (CPS) e as universidades USP, Unesp, Unicamp. Atualmente a Univesp tem cerca de 31 mil alunos matriculados.

Os cursos são gratuitos e realizados em Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA). Trata-se de uma plataforma online na qual os estudantes desenvolvem atividades acadêmicas, que incluem assistir a videoaulas, acessar material didático, bibliotecas digitais e tirar dúvidas do conteúdo com tutores e facilitadores.

Já os polos são espaços físicos, onde os alunos contam com infraestrutura (computadores, impressoras e acesso à internet) e realizam atividades como provas e discussões em grupo. No local, também podem ser solicitados serviços de secretaria acadêmica e o esclarecimento de dúvidas. Por ser uma universidade pública, todas as videoaulas também podem ser acessadas pelo canal da universidade no Youtube.

Deixe seu comentário

Continue Lendo

Manchete

Vem aí o FLIV 2019: evento será de 19 a 27 de outubro

Parque da Cultura vai receber uma extensa programação para o 9º Festival Literário de Votuporanga

Considerado um dos maiores eventos multiculturais do Brasil, vem ai a nova edição do Festival Literário de Votuporanga – FLIV. O evento será de 19 a 27 de outubro no Parque da Cultura “Prof.ª Adoração Esteves Garcia Hernandez” com atividades totalmente gratuitas à população. É uma realização da Prefeitura de Votuporanga e Governo do Estado, por meio da Associação Paulista dos Amigos da Arte (APAA), com apoio de diversas empresas e instituições.

São esperados visitantes de diversos municípios paulistas interessados em conferir os nove dias de uma intensa programação com oficinas, mesas de debate, encontro com autores, sessões de contação de histórias, comercialização de livros, além de espetáculos de teatro, dança e música.

“Em oito anos de realização, o FLIV se consolida no calendário de eventos artísticos nacionais, seja pela sua trajetória de sucesso, seja pelo seu compromisso com a formação de público, tanto para a literatura quanto para as demais linguagens, sempre tendo em vista a democratização do acesso à cultura e ao conhecimento”, destaca a Secretária Municipal de Cultura e Turismo, Silvia Stipp.

Em 2018, cerca de 80 mil pessoas passaram pelo Parque. Ao todo, foram realizadas 273 atividades gratuitas, contabilizando mais de 122 horas de atrações culturais e artísticas. Durante o evento, foram recebidas dezenas de caravanas escolares, vindas de mais de 60 cidades do Estado.

Já passaram pelo festival renomados escritores, como Alice Ruiz, Alice Sant’Anna, Amara Moira, André Dahmer, Anderson Novello, Antônio Cícero, Chacal, Cristóvão Tezza, Daniel Minchoni, Humberto Werneck, Ignácio de Loyola Brandão, Ivana Arruda Leite, João Paulo Cuenca, Lorena Kaz, Lourenço Mutarelli, Marcia Tiburi, Lubi Prates, Luiza Romão, Marcelo Montenegro, Marcelino Freire, Mário Prata, Mel Duarte, Noemi Jaffe, Paulo Lins, Renan Inquérito, Sergio Vaz, Vladir Lemos e Veronica Stigger.

Também estiveram presentes jornalistas, como Caco Barcellos e Maurício Kubrusly; e grandes atrações musicais, como Almir Sater; Arnaldo Antunes; Biquíni Cavadão; Chico César; Demônios da Garoa; Ed Motta; Fernanda Porto; Funk Como Le Gusta; Jorge Aragão; Orquestra Bachiana Filarmônica SESI-SP, sob a regência do maestro João Carlos Martins; Moraes Moreira; Pato Fu; Renato Teixeira; Sérgio Reis; Toquinho; Tiê; e Zélia Duncan.

Lançamento

Esta semana será realizado o evento de lançamento do FLIV 2019 para a apresentação da programação e das empresas apoiadoras, assim como da nova identidade visual e a megaestrutura prevista para o Parque da Cultura. Acompanhe mais informações no http://www.flivotuporanga.com.br

Deixe seu comentário

Continue Lendo

Manchete

Prefeitura de Votuporanga realiza ação para comemorar o Dia das Crianças na Praça São Bento

Evento conta com a parceria da Rádio Cidade FM e será promovido no dia 12 de outubro, a partir das 9h

A Prefeitura de Votuporanga, por meio da Secretaria de Assistência Social, fará uma grande ação gratuita para as crianças e suas famílias no dia 12 de outubro, a partir das 9h, na Praça São Bento.
A ação visa a comemoração do Dia das Crianças, somado com a iniciativa do PETI (Programa de Erradicação do Trabalho Infantil), no âmbito do SUAS (Sistema Único de Assistência Social).

Durante as atividades, as famílias serão conscientizadas sobre o dever de cada cidadão no combate ao trabalho infantil que tira os direitos fundamentais para que as crianças e adolescentes tenham boa formação física e psicológica. Desta forma, a intenção é fazer com que a sociedade denuncie e ajude a combater esta prática diariamente, pois criança tem que estudar, brincar e ser feliz.

No evento, as crianças poderão brincar nos brinquedos infláveis (fazendinha, jacaré e escorregador), pula-pula, fazer pintura facial, acompanhar as contações de histórias e participar de diversas brincadeiras. O tradicional bombeirinho da alegria, que garante a diversão das crianças, também estará no evento.

Serão servidos refrigerantes, pipoca, algodão-doce e sorvete, tudo gratuitamente. As famílias também terão acesso a muitas ações que são realizadas diariamente pelos serviços da Secretaria de Assistência Social. O evento conta com a parceria da Rádio Cidade FM, que fará sorteio de brindes e bicicletas para as crianças presentes no evento.

A Prefeitura convida todas as famílias para prestigiarem esta grande ação, que tem como objetivo levar alegria para crianças, adultos e sociedade em geral.

Deixe seu comentário

Continue Lendo

POPULARES