Ligue-se a nós
[adrotate group="1"]

Região

Sertanejo Henrique morre aos 22 anos após três semanas internado

Cantor, da dupla com Netto, sofreu grave acidente de carro no último dia 8 e não resistiu; corpo do artista será sepultado em Santa Salete, onde ele nasceu

Henrique, da dupla com Netto, morreu na madrugada desta segunda-feira (2). A informação foi confirmada ao R7 pela assessoria de imprensa do Hospital de Base de São José do Rio Preto, interior de São Paulo.

O corpo de Henrique foi encaminhado para o IML e ainda não há confirmação da causa da morte.

O sertanejo, de 22 anos, se envolveu em um grave acidente na cidade de Santa Fé do Sul, interior de São Paulo. Ele estava internado desde o dia 8 de fevereiro e ficou na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) em estado grave.

O cantor sofreu traumatismo craniano e múltiplas fraturas na face, além de escoriações por todo o corpo. O músico bateu o carro que dirigia na traseira de uma caminhonete. Com o impacto, o veículo pegou fogo e ele precisou ser resgatado por uma equipe da polícia que passava pelo local no momento do acidente. O motorista da caminhonete não se feriu.

Netto e Henrique estavam em ascensão musical

Netto e Henrique estavam em ascensão musical

Reprodução/Instagram

O corpo de Henrique será velado na cidade de Fernandópolis e, depois da ceriômina, será sepultado em Santa Salete,  cidade no interior paulista onde o cantor nasceu. 

Netto e Henrique é uma dupla em ascensão que foi contratada recentemente pela Work Show, um dos principais escritórios de sertanejo do Brasil, que tem no cast nomes como Henrique e Juliano, Maiara e Maraisa, Zé Neto e Cristiano, Dilsinho, Leo Santana e Marília Mendonça.

Fonte: R7

Anúncio
Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Destaques

Rio Preto já vacinou 116.744 pessoas contra gripe

Do total de imunizados, 92.524 fazem parte dos grupos com meta de vacinação

Rio Preto já vacinou 116.744 pessoas contra a gripe, desde o início da campanha, em 24 de março. Do total de imunizados, 92.524 fazem parte dos grupos com meta de pelo menos 90% de vacinação, estipulada pelo Ministério da Saúde. O grupo com maior cobertura vacinal é o de idosos, que atingiu 112,24%, com 64.395 pessoas vacinadas. Em seguida, aparecem os profissionais de saúde, com cobertura de 105,48%, com 19.787 pessoas vacinadas.

Entre os grupos sem meta, os que mais se imunizaram são os pacientes com doenças crônicas: 11.640. Apesar de o Ministério da Saúde não pactuar cobertura para os crônicos, a estimativa é de que o município tenha pelo menos 25 mil pacientes crônicos. “A nossa cobertura para os crônicos ainda está longe do ideal. É muito importante que esses pacientes sejam imunizados porque sem a vacina os riscos de complicações em decorrência da Influenza são maiores. Além disso, a gripe pode provocar uma descompensação da doença de base”, afirma a gerente de imunização de Rio Preto, Michela Barcelos.

Também nesta segunda etapa da campanha de vacinação contra a gripe, iniciada em 16 de abril, foram imunizados 2.386 privados de liberdade e 180 funcionário do sistema prisional. Entre as forças de segurança 1.525 profissionais foram vacinados, além de 852 caminhoneiros e 436 motoristas de transportes coletivos. Das 116.744 doses administradas em Rio Preto, 12.559 foram pelas clínicas privadas.

Suspensão do Dia D

Neste ano, o Ministério da Saúde suspendeu o chamado “Dia D”, quando as unidades de saúde ficam abertas durante todo o dia no sábado. A terceira etapa que começaria no dia 9 será iniciada na próxima segunda-feira, dia 11. A previsão é de que 40.319 pessoas sejam vacinadas nesta etapa, sendo 26.346 crianças de seis meses a menores de seis anos, 4.044 gestantes, 665 puérperas e 9.264 pessoas com deficiência.

No dia 18 de maio, o Ministério inicia a quarta e última etapa da campanha, com a inclusão de professores e adultos de 55 a 59 anos. A campanha segue até o dia 5 de junho.

Continuar Lendo

Destaques

Rio Preto já vacinou mais de 100 mil pessoas contra gripe

Campanha começou em março e segue até o dia 22 de maio

A campanha nacional de vacinação contra gripe começou em 24 de março e até agora já imunizou 101.637 pessoas em Rio Preto. O maior grupo vacinado até agora é o dos idosos: 62.661 foram vacinados, ou seja, 109,22% dessa população. Em seguida, a maior cobertura vacinal do município é a de profissionais de saúde: 99,56% foram vacinados, ou seja, 18.676 trabalhadores da área.

No último dia 16, começou a segunda etapa da campanha com a inclusão de novos grupos, entre ele o de pessoas com doenças crônicas. Para esse grupo, foram administradas 7.028 doses da vacina. Entre os caminhoneiros, 335 se vacinaram e entre os motoristas de transportes coletivos 369 se imunizaram. Ainda nesta etapa, começaram a ser vacinados os profissionais das forças de segurança e salvamento. Em Rio Preto, foram vacinados 1.466 trabalhadores da categoria.

Além da rede pública, a rede privada também fornece a vacina contra a gripe. Até o momento, 9.293 pessoas se vacinaram nas clínicas privadas do município. O estoque atual do município é de 24 mil doses.

A partir do dia 9 de maio começa a terceira e última etapa da campanha, quando serão incluídas crianças de seis meses a menores de seis anos, gestantes, puérperas – até 45 dias do pós-parto, professores de escolas públicas e privadas, pessoas com deficiência e adultos de 55 a 59 anos.  Ainda no dia 9 será realizado o “dia D”, dia de mobilização nacional, quando as salas de vacina permanecem abertas para vacinar aquelas pessoas que têm dificuldade para comparecer ao local durante a semana.  A campanha segue até o dia 22 de maio. 

Este ano, as doses estão sendo administradas em escolas e equipamentos públicos. Os locais estão disponíveis no portal da prefeitura de Rio Preto. A vacinação é realizada de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h30.  

Continuar Lendo

Destaques

Rio Preto atinge cobertura vacinal contra gripe de 80%

Município já administrou 61.700 doses para grupos prioritários da primeira etapa

A campanha nacional de vacinação contra gripe começou há dez dias com a imunização de idosos e profissionais de saúde. Nesta semana, foram incluídos os profissionais das forças de segurança. Em Rio Preto, 61.700 pessoas já foram vacinadas, sendo 52.543 idosos, 8.281 profissionais de saúde e 608 policiais. Outras 268 doses foram aplicadas em acamados institucionalizados e policiais com idade entre 55 e 59 anos. A cobertura vacinal da primeira etapa está em 80%.

A maior cobertura está entre os idosos, com 91,58%, ou seja, acima dos 90% estipulados pelo Ministério da Saúde. Entre os profissionais de saúde, a cobertura vacinal está em 44,14%. Para os profissionais das forças de segurança não foi estipulada meta de vacinação.

O município está com estoque de cerca de 7.500 doses e ainda não recebeu informações da Secretaria Estadual de Saúde sobre o envio de nova remessa. Por enquanto, a vacinação continua sendo feita de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h30, em escolas e equipamentos públicos, visando evitar a aglomeração em unidades básicas de saúde.

Na próxima semana, a vacinação contra gripe continua exclusiva para idosos, profissionais de saúde e forças de segurança. A segunda etapa começa no dia 16 de abril, quando serão incluídos professores, portadores de doenças crônicas e forças de segurança.

Na terceira e última etapa, que começa em 9 de maio, serão incluídas crianças de seis meses a menores de seis anos, gestantes, puérperas, povos indígenas, privados de liberdade, funcionários do sistema prisional e adultos com idades de 55 a 59 anos.

Ainda no dia 9 de maio, está marcado o Dia de Mobilização Nacional, quando as Unidades Básicas de Saúde estarão abertas para a vacinação.

A campanha segue até o dia 22 de maio.

Estimativa

A estimativa é de que 15,5 milhões de pessoas sejam imunizadas no Estado de São Paulo. Em Rio Preto, o público-alvo da campanha é de 172 mil pessoas. A meta do Ministério da Saúde é de vacinar pelo menos 90% de cada um dos grupos prioritários.

Continuar Lendo

Populares

%d blogueiros gostam disto: