Santos perde na justiça e vaga da Libertadores fica mais difícil

author
1 minute, 6 seconds Read
Carlos Sanchez na partida contra o Independiente, na última terça-feira

Carlos Sanchez na partida contra o Independiente, na última terça-feira Ivan Storti/divulgação santos – 21.08.2018

O Santos foi considerado culpado pela escalação do volante Carlos Sanchez no jogo de ida das oitavas da Libertadores, contra o Independiente, da Argentina. A Conmebol divulgou a decisão nesta terça-feira (28) e o resultado do jogo ficou 3 a 0 para o time argentino.

Em campo, a partida tinha terminado 0 a 0. Com a decisão, o caminho do Santos para chegar às quartas ficou mais difícil. No jogo desta terça, no estádio do Pacaembu, às 19h30, o Peixe tem de vencer por uma diferença superior a três gols. O mesmo resultado leva a decisão para os pênaltis. 

Os advogados do Santos vão recorrer no ao Tribunal Arbitral do Esporte.

Entende o caso

Sánchez foi expulso na semifinal da Copa Sul-americana de 2015. Na época, o meio-campo jogava no River Plate e agrediu um gandula do Huracán. Pela agressão, ele pegou três jogos de suspensão e só havia cumprido dois.

Antes da jogo, a diretoria do Santos diz que consultou a Conmebol e o jogador não estava impedido de jogar. Na última quarta-feira, um dia após a primeira partida das oitavas, o Independiente entrou com uma denúncia na Conmebol. 

 

Similar Posts

%d bloggers like this: