Folha Regional

Santa Casa de Votuporanga dá início à Residência Médica 2019

Vinte e um médicos irão se especializar em Pediatria (4), Ginecologia e Obstetrícia (3),  Cirurgia Geral (4), Radiologia (4) e Clínica Médica (6)

A Santa Casa de Votuporanga recebeu os seus novos residentes médicos. A chegada dos novos profissionais contribui para consolidar a Instituição como unidade de referência na formação em saúde. 

Uma integração foi realizada, proporcionando que os médicos conheçam a estrutura e o funcionamento do Complexo Santa Casa. Profissionais das áreas de RH médico, Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH), Enfermagem, SESMT e COREME estiveram presentes para transmitir orientações e acolher o grupo.

O provedor do Hospital, Luiz Fernando Góes Liévana, deu as boas-vindas para a turma de 2019. “Oferecer Residência Médica dentro do Hospital é benéfico por vários motivos. Primeiramente, porque reforça os laços acadêmicos da Santa Casa. Além disso, como estudante em aprendizado, o residente requer bastante informação e automaticamente o corpo clínico vai renovar seus conhecimentos neste contato”, enfatizou.

O coordenador corporativo, Angelo Bimbato, desejou sucesso. “É a transição da vida acadêmica para uma profissão que você escolheu para o resto da vida. Desejo que vocês exerçam com muita humanização, que é o carro-chefe da nossa Instituição, referência para atendimentos do Sistema Único de Saúde (SUS)”, afirmou.

Por sua vez, o gerente médico, Dr. Fabiano Leone, destacou a importância do programa. “Nós médicos da Instituição, cresceremos juntos com vocês, residentes nesse processo de aprendizagem. É um desafio para todos, inclusive para nós, mas estamos empenhados e dispostos a ajudar”, afirmou.

Dr. Luis Augusto Antunes Glover, responsável pela Residência Médica da Santa Casa, ressaltou o programa. “Auxilia na dinâmica diária na Instituição, melhorando o relacionamento interpessoal entre residentes e alunos, vivenciando os programas de humanização e assim estreitando o relacionamento médico paciente”, enfatizou.

O programa

Regulamentadas pelo Decreto nº 80281 de 05/09/1977, as Residências Médicas são atualmente regidas pela Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM), em nível nacional, pelas Comissões Estaduais (CEREM), no âmbito estadual, e pelas Comissões de Residência Médica (Coreme), nas instituições.

Na Santa Casa, além do controle geral do ensino, a Coreme tem a função de estimular o crescimento dos residentes e dos preceptores, médicos abnegados que têm dispendido parte de seu tempo no Hospital para transmitir os conhecimentos técnicos e as atitudes éticas no exercício da profissão.

No caso do residente, sua função é adquirir conhecimentos práticos e teóricos e habilidades em determinada área. Ao mesmo tempo, ele desenvolve um importante papel de “provocador” do corpo clínico e da Instituição, uma vez que exige um desempenho cada vez melhor de toda a equipe para responder sua demanda em busca de melhores resultados e conhecimento.


Deixe seu comentário

Da Redação

Follow us

Don't be shy, get in touch. We love meeting interesting people and making new friends.

Most popular