Região

Prefeitura de Rio Preto realiza mutirão de cirurgias de catarata

A Prefeitura de Rio Preto, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, realiza, a partir do dia 29 de outubro, um mutirão de cirurgias de cataratas. A expectativa é de que sejam realizadas 2.840 cirurgias, com recursos extrateto, no valor de R$ 3.287.016,00, do Projeto de Cirurgias Eletivas, do Ministério da Saúde, que destina a verba aos estados e esses repassam aos municípios. O mutirão deve ser finalizado em dezembro.

 

O anúncio foi feito nesta sexta-feira, 26, durante coletiva de imprensa no gabinete do prefeito Edinho Araújo. Participaram o vice-prefeito Eleuses Paiva, o secretário de saúde Aldenis Borim, os vereadores Jean Charles, Peixão e Cléa Rodrigues, além do provedor da Santa Casa, Nadim Cury, e o diretor do Hospital D´Olhos, Carlos Figueiredo.

 

“Vamos enfrentar esse problema com tranquilidade e responsabilidade, como gestores que somos. É uma grande vitória para o município esse mutirão”, disse o prefeito.

 

As cirurgias do mutirão serão realizadas por convênio com a Santa Casa. O Hospital D´Olhos será responsável por fazer mil cirurgias em acordo com a Santa Casa. Os pacientes selecionados aguardam na fila e já estão sendo convocados por telefone. Atualmente, existe uma demanda reprimida para essa cirurgia em Rio Preto, com filas de espera de até seis meses. Com o mutirão, a demanda deve ser suprimida.

 

“Quando assumimos a gestão, tínhamos cinco mil olhos para a cirurgia de catarata em demanda reprimida. Fizemos 2.300 cirurgias a mais que a nossa rotina e a doença limita muito as atividades cotidianas. Então, o mutirão é uma demanda muito necessária”, disse o secretário de saúde.

 

Interessados em realizar a cirurgia de catarata pela rede pública municipal devem procurar inicialmente uma unidade básica de saúde, onde passará por consulta com o clínico geral. Depois, havendo a necessidade, o paciente será encaminhado ao oftalmologista, no Centro Médico de Especialidades, ou nos demais prestadores de serviços. Com a confirmação do diagnóstico, o paciente entra na fila.

Deixe seu comentário