Connect with us

Destaques

Prefeitura de Votuporanga ampliará número de vagas de castrações a partir de junho

Mais de 2,2 mil cães e gatos devem ser castrados gratuitamente pela Prefeitura de Votuporanga a partir da quarta etapa de castrações; procedimento é realizado mediante critérios estabelecidos

O Programa Municipal de Castração de Cães e Gatos em Votuporanga terá o número de vagas ampliado a partir de junho deste ano. Ao todo serão mais de 2,2 mil animais a serem castrados, a partir da quarta etapa de castrações realizadas gratuitamente pela Prefeitura de Votuporanga, por meio do Centro de Proteção à Vida Animal (CPVA), órgão vinculado ao Fundo Social de Solidariedade do Município.  A previsão é de que as inscrições para a próxima etapa do Programa sejam abertas no início do mês de junho. 

Uma das prioridades da gestão do Prefeito João Dado é o fortalecimento das ações voltadas à proteção da vida animal; que juntamente com a primeira-dama e Presidente do Fundo Social de Solidariedade, Mônica de Carvalho, defendem uma eficiente política pública, garantindo o bem-estar animal em todas as suas esferas. 

A terceira etapa do Programa de Castração, teve suas inscrições abertas entre 7 e 9 de janeiro, ofertando 832 vagas para a cirurgia de castração de cães e gatos domésticos. Desse total, conforme estabelecido em legislação, 10% das castrações devem obrigatoriamente ser destinadas às Ongs, protetores independentes e para pessoas que, comprovadamente, cuidam de animais de rua. É importante destacar, que o objetivo primeiro deste Programa é, inclusive, atender com prioridade, pessoas de baixa renda ou que estão incluídas em algum programa social. 

A equipe do CPVA, recebeu nesses três dias de cadastros, um número de inscrições além do esperado, com base nas etapas anteriores. Portanto, todos os cadastros efetivados no setor, após  atingir a cota, serão encaminhados para uma lista de espera. Em caso de desistência da vaga, a cirurgia poderá ser agendada, caso contrário, será automaticamente recadastrado na próxima etapa do Programa. 

Recanto dos Focinhos

A fim de atender e acolher os animais, segue em plena execução as obras de construção da sede do Recanto dos Focinhos. A unidade localizada no 6º Distrito Empresarial está sendo erguida em uma área de 28,7 mil m² localizada às margens da Estrada Municipal VTG 342, próxima ao Centro de Zoonoses “Danilo Galera”. A estrutura passa pela etapa de finalização da alvenaria, para que na sequência, as equipes da Prefeitura estejam empenhadas na execução das obras do sistema de esgoto. Todo o projeto, bem como materiais e mão de obra utilizados são da Prefeitura.

A área já conta com um galpão de mais de 700 m² onde estão sendo construídos diversos canis e gatis, uma sala veterinária onde serão realizados os atendimentos médicos, recepção, banheiros, depósito e zeladoria. No total desta primeira etapa, serão construídos cerca de 1.200 m² de área. 

“Diversos avanços na luta a favor dos animais estão sendo implementados desde o início do nosso governo. O Recanto dos Focinhos é uma das nossas grandes conquistas na área da proteção animal em Votuporanga. Mônica e eu, entusiastas nesta importante causa, não mediremos esforços para proporcionar a melhoria na qualidade de vida dos nossos companheiros de pêlos”, ressalta o Prefeito. 

Mais Ações

Além da construção da área que abrigará os animais, também estão sendo desenvolvidas outras ações previstas na Lei Municipal 345/17, e o programa de castração municipal como forma de controle populacional, estão o trabalho de atendimento e combate aos maus-tratos e abandono, que já está sendo realizado pelo Centro de Proteção da Vida Animal, entre outras. 

Deixe seu comentário

Publicidade

Destaques

Petrobras aumenta preço do diesel em 4,2% e da gasolina em 3,5%

Reajuste passa a valer nesta quinta-feira (19) e vem após disparada nos preços internacionais do petróleo por conta de ataques na Arábia Saudita.

A Petrobras vai elevar o preço médio do diesel nas refinarias em 4,2%, e o da gasolina em 3,5% a partir desta quinta-feira (19). A informação foi divulgada pela assessoria de imprensa da estatal nesta quarta.

O repasse ou não do aumento para os consumidores finais fica a critério das distribuidoras e postos.

O reajuste vem após a disparada nos preços do barril do petróleo no mercado internacional na segunda-feira (16), em consequência dos ataques a instalações petroleiras na Arábia Saudita no fim de semana. O incidente baixou pela metade a produção do maior exportador da commodity do mundo.

Na segunda-feira, a estatal afirmou que manteria o preço dos combustíveis até que os valores do petróleo se acomodassem.

Após a disparada, os preços da commodity vêm caindo desde terça-feira, compensando parte do aumento, depois que a Arábia Saudita anunciou já havia restabelecido parcialmente sua produção e que uma retomada por completo será rápida. De sexta-feira até agora, o barril do Brent -referência internacional– acumulou alta de 5,6%, fechando nesta quarta-feira a US$ 63,60 por barril, segundo a agência Reuters.

Política de preços

A política de reajustes de preços da Petrobras leva em conta as cotações internacionais, além de outras variáveis. O presidente do Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom), Sérgio Araújo, disse que os reajustes desta quarta dão claro sinal de que a empresa está caminhando para praticar preços alinhados com o mercado internacional. “Aguardar a estabilização dos preços após o evento na Arábia Saudita era necessário.”

O chefe da área de óleo e gás da consultoria INTL FCStone, Thadeu Silva, aponta que a Petrobras está “seguindo as condições de mercado”. “O ajuste que ela fez (no diesel) está muito próximo do que reflete a paridade de importação no mercado internacional agora. Então está equalizando as condições de mercado”, disse à Reuters.

Deixe seu comentário

Continue Lendo

Destaques

Santa Casa de Votuporanga: Palestra em evento nacional

Congresso Nacional de Auditoria do SUS em Águas de Lindóia

Expor um caso de sucesso em um congresso nacional. Assim foi a participação da Santa Casa de Votuporanga no AUDHOSP/AUDHASS – Congresso Nacional de Auditoria Sistema Único de Saúde (SUS) e Saúde Suplementar, realizado no período de 10 a 13 deste mês, em Águas de Lindóia.
Com o tema “O futuro é agora. Em que tempo você está?”, o evento reuniu enfermeiros auditores, médicos, faturistas e gestores hospitalares de diversas cidades, visando a atualização de conhecimento.

A gerente de Faturamento do Hospital, Daniella Vila Falchi, ministrou a palestra “Saúde Financeira: Tratamento Intensivo e Delicado”. O convite surgiu do coordenador científico do 4º AUDHASS, Rogério Medeiros.

Daniela apresentou o processo de faturamento da Santa Casa, explicando o que faz o faturamento adoecer, qual o levantamento de problemas e ações realizadas para o tratamento em contas médicas. “O nosso futuro é agora, para que possamos evoluir, precisamos aceitar as mudanças o tempo todo e apostar na inovação tecnológica. O papel do enfermeiro auditor é importante nesse processo e o futuro das glosas”, disse.

Ela enalteceu a importância de participar do congresso. “Ao palestrar, nos tornamos mais competitivos no mercado de trabalho. O domínio de apresentar gera a capacidade de troca de informações entre instituições e maior ciência sobre o nosso processo de trabalho. É muito gratificante poder mostrar todo conhecimento que adquirimos ao longo do tempo, e partilhar as nossas experiências com outros hospitais, onde podemos analisar que as dificuldades são as mesmas, umas em maior proporção e outras em menor.”, ressaltou.

O provedor da Santa Casa, Luiz Fernando Góes Liévana, destacou a apresentação. “Fazer parte do cronograma de palestras nos enche de orgulho. Participamos ativamente de um congresso nacional, apresentando nossas rotinas e aprendendo também com outras entidades. Para nós, que acompanhamos o AUDHOSP/AUDHASS ao longo dos anos, é a prova de que nosso setor de Faturamento está em evidência e é exemplo para os demais hospitais”, finalizou.

Deixe seu comentário

Continue Lendo

Destaques

Patrulha Agrícola de Votuporanga realiza mais de 70 atendimentos neste ano

De janeiro a agosto deste ano foram atendidas propriedades rurais que totalizaram mais de 290 hectares de áreas beneficiadas

Para prestar serviços de conservação do solo, preparo, plantio e colheita a baixo preço aos produtores rurais do Município, a Prefeitura de Votuporanga, por intermédio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, disponibiliza a Patrulha Agrícola.

A atividade atende um número expressivo de pequenas e médias propriedades rurais, que desempenham papel de extraordinária relevância em termos econômicos e sociais. Até agosto de 2019, 73 propriedades rurais foram atendidas, com um total de 292 hectares de áreas beneficiadas que consumiram 1.389 horas/máquina.

Essa ação favorece as fontes de produção, mercado, serviços e consumo, bem como denota atenção indispensável ao meio ambiente e a melhoria da qualidade de vida do homem do campo. Atualmente, a Patrulha Agrícola do Município é composta por um engenheiro agrônomo, dois auxiliares administrativos e quatro tratoristas responsáveis pela operação de cinco tratores, uma pá carregadeira e 37 equipamentos, com resultados satisfatórios tanto no aspecto socioeconômico como ambiental, conferindo ganhos imensuráveis no quesito produção e sustentabilidade do setor agropecuário.

Patrulha Agrícola

O objetivo da Patrulha Agrícola é fomentar o gargalo e as necessidades do homem do campo prestando todos os serviços que necessitam para o cultivo da safra agrícola, como locação e execução de terraços em nível, bacias de captação, aração e gradeação do solo, subsolagem, calagem, cultivador, roçagem, ensilagem, adubação química e orgânica, plantio, colheita, entre outros.

Deixe seu comentário

Continue Lendo

POPULARES