Prefeito recebe Tenente Coronel em vistoria ao Tiro de Guerra

2 minutes, 3 seconds Read
O prefeito João Dado acompanhou na manhã desta terça-feira (23/5) a visita de inspeção do Tenente Coronel Vaz de Castro ao Tiro de Guerra de Votuporanga. A vistoria é realizada anualmente pelo Chefe da Seção de Tiro de Guerra da 2ª Região Militar que envolve todos os TGs do Estado de São Paulo. Atualmente, são 75 unidades com 5,3 mil atiradores, sendo 50 jovens em Votuporanga. 

Além de revisar questões administrativas, como documentos e instalações prediais, o Tenente Coronel foi levado pelo prefeito João Dado para conhecer as obras de construção do novo TG de Votuporanga que atingiu 70% de execução. “Quero agradecer ao prefeito por todo o apoio que ele tem oferecido aos nossos atiradores e ao sargento Heroito em sua missão. Votuporanga está muito bem e, sem dúvidas, a nova sede será um grande ganho de qualidade para todos”, disse o Tenente. 

O prefeito falou sobre o período de paralisação da obra por rescisão da primeira empresa licitada e agora a retomada dos serviços nos próximos dias por uma nova encarregada. O investimento é feito com recursos próprios da ordem de R$ 339,8 mil.  

O Tenente Coronel seguiu nesta manhã para Mirassol, São José do Rio Preto e Catanduva. Acompanharam a visita o Sargento Heroito, Tenente Ferreira, Secretário da Cidade, Marcelino Poli e o vereador Giba. 

Dia da Infantaria 

Nesta quarta-feira, um grupo de atiradores do Tiro de Guerra de Votuporanga, estará envolvido em mais uma atividade externa, sob o comando do instrutor, sargento Heroito.”A partir das 7h, uma parte da tropa, formada por 30 participantes armados e com uniforme camuflado, deixará o quartel e, em ritmo acelerado, que chamamos de corridão, seguirá até o centro da cidade, onde encontrará o resto do efetivo, que estará no Altar Cívico Prof. Benedito Lopes de Oliveira, na Praça dos Expedicionários, para a cerimônia de comemoração ao Dia da Infantaria “, informa o sargento Heroito.

 O ato cívico-militar terá formatura dos atiradores, que farão a oração do Infante, entoarão a Canção da Infantaria, seguindo-se, após, o hasteamento do pavilhão nacional. “Convidamos a população, principalmente as escolas de nossa cidade, pois, em tempos como este, mais do que nunca é preciso reavivar o espírito cívico dos cidadãos”, afirma o instrutor do TG. “Nessa cerimônia, teremos uma novidade: uma salva de tiros de festim”, acrescenta.

Similar Posts

%d bloggers like this: