Connect with us

Polícia

Polícia Federal operação para combater tráfico de drogas em Minas Gerais

Belo Horizonte/MG – Na manhã de hoje, 18/12, a Polícia Federal, com o apoio da Policia Militar, deflagrou a Operação “Minério Branco”, visando a combater o crime de tráfico de drogas praticado por organização criminosa nas cidades mineiras de Itabirito e região.

Estão sendo cumpridos sete mandados judiciais de prisão preventiva e sete mandados judiciais de busca e apreensão nas cidades mineiras de Itabirito, Ouro Branco, Barão de Cocais, João Monlevade e Belo Horizonte.

 

No curso das investigações, alguns dos envolvidos foram presos em flagrante delito, portando drogas variadas. Foram identificados, também, dois laboratórios clandestinos localizados em propriedades rurais. Nesses locais havia grande quantidade de insumos químicos em pó de cor branca – incluindo dipirona, polvilho e bicarbonato de sódio –; vasilhames de éter e acetona; liquidificadores industriais; balança de precisão; embalagens plásticas; fitas adesivas; equipamentos para medição de “ph”; valores em dinheiro; e armas de fogo em situação irregular. O conjunto de materiais encontrado levantou fortes indícios de se tratar de lugares voltados para a manipulação e a adulteração de cocaína.

A maioria dos investigados que estão sendo presos são membros do grupo que teria se dedicado à distribuição de drogas de maneira assemelhada a um delivery convencional, recebendo pedidos de drogas e acertando a entrega em lugares previamente combinados, ou, ainda, vendendo nos ambientes que costumavam frequentar.

Aos indiciados é imputada a prática dos crimes de tráfico de drogas e de organização criminosa, cujas penas máximas podem chegar a 15 e 10 anos de reclusão respectivamente.

Comunicação Social – PF/MG

cs.srmg@dpf.gov.br | www.pf.gov.br

(31) 3330-5270

Deixe seu comentário

Continue Lendo
Publicidade

Polícia

Operação Captura prende ex-prefeito de município paraibano

Patos/PB – A Polícia Federal deflagrou neste sábado (23/2) a Operação Captura, cujo objetivo era localizar e prender um ex-prefeito de Imaculada/PB e o seu filho, ex-tesoureiro do município.

Os envolvidos foram denunciados pelo Ministério Público Federal (MPF), em Monteiro, por desvio de mais de R$ 606 mil de recursos públicos em benefício próprio.

Os valores sacados eram provenientes de diversos recursos federais, como convênios, termos de parceria, Fundeb e Fundo Municipal de Saúde, transferidos para a conta do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e da prefeitura.

Além do prejuízo aos cofres públicos, a ação criminosa resultou no atraso de três meses de salário e 13º salário de 516 funcionários da Prefeitura de Imaculada.

Os presos serão encaminhados, ainda hoje, ao sistema penitenciário.

 

Comunicação Social da Polícia Federal na Paraíba

cs.srpb@dpf.gov.br | www.pf.gov.br

(83) 99184-9632

Deixe seu comentário

Continue Lendo

Polícia

Operação Captura prende ex-prefeito de município paraibano

Patos/PB – A Polícia Federal deflagrou neste sábado (23/2) a Operação Captura, cujo objetivo era localizar e prender um ex-prefeito de Imaculada/PB e o seu filho, ex-tesoureiro do município.

Os envolvidos foram denunciados pelo Ministério Público Federal (MPF), em Monteiro, por desvio de mais de R$ 606 mil de recursos públicos em benefício próprio.

Os valores sacados eram provenientes de diversos recursos federais, como convênios, termos de parceria, Fundeb e Fundo Municipal de Saúde, transferidos para a conta do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e da prefeitura.

Além do prejuízo aos cofres públicos, a ação criminosa resultou no atraso de três meses de salário e 13º salário de 516 funcionários da Prefeitura de Imaculada.

Os presos serão encaminhados, ainda hoje, ao sistema penitenciário.

 

Comunicação Social da Polícia Federal na Paraíba

cs.srpb@dpf.gov.br | www.pf.gov.br

(83) 99184-9632

Deixe seu comentário

Continue Lendo

Polícia

Operação Captura prende ex-prefeito de município paraibano

Patos/PB – A Polícia Federal deflagrou neste sábado (23/2) a Operação Captura, cujo objetivo era localizar e prender um ex-prefeito de Imaculada/PB e o seu filho, ex-tesoureiro do município.

Os envolvidos foram denunciados pelo Ministério Público Federal (MPF), em Monteiro, por desvio de mais de R$ 606 mil de recursos públicos em benefício próprio.

Os valores sacados eram provenientes de diversos recursos federais, como convênios, termos de parceria, Fundeb e Fundo Municipal de Saúde, transferidos para a conta do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e da prefeitura.

Além do prejuízo aos cofres públicos, a ação criminosa resultou no atraso de três meses de salário e 13º salário de 516 funcionários da Prefeitura de Imaculada.

Os presos serão encaminhados, ainda hoje, ao sistema penitenciário.

 

Comunicação Social da Polícia Federal na Paraíba

cs.srpb@dpf.gov.br | www.pf.gov.br

(83) 99184-9632

Deixe seu comentário

Continue Lendo

POPULARES

Copyright © 2019 FOLHAR.COM.BR