Connect with us

Polícia

PF combate comércio ilegal de armas de fogo no Amapá

Macapá/AP – A Polícia Federal deflagrou na manhã desta sexta-feira (21/12) a Operação Stone*, para desarticular grupo criminoso que atua na comercialização de armas de fogo de grosso calibre em Macapá/AP.

A ação foi desencadeada com o apoio do Batalhão de Operações Especiais (BOPE-AP) e deu cumprimento a três mandados de busca e apreensão nos bairros de São Lázaro e Jardim Felicidade.

Durante as buscas, foi necessária a utilização de mergulhador da Polícia Federal para averiguar uma piscina com baixa visibilidade, que poderia servir de esconderijo para drogas.

Foram arrecadados materiais utilizados no tráfico de drogas, como balança de precisão, certa quantidade de substância entorpecente e o valor em espécie de R$ 3 mil.

Os investigados poderão responder, na medida de suas responsabilidades, pelos crimes de guarda de materiais destinados à fabricação de drogas, comércio ilegal de arma de fogo e associação criminosa armada. Se condenados, poderão cumprir pena de até 22 anos de reclusão.

*O nome da Operação é uma referência a Eugene Morrison Stone, um designer americano de armas de fogo que é mais associado com o desenvolvimento do rifle AR-15, adotado pelos militares americanos como M16.

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Amapá

cs.srap@dpf.gov.br | www.pf.gov.br

(96) 3213-7500

Deixe seu comentário

Continue Lendo
Publicidade

Polícia

Operação Captura prende ex-prefeito de município paraibano

Patos/PB – A Polícia Federal deflagrou neste sábado (23/2) a Operação Captura, cujo objetivo era localizar e prender um ex-prefeito de Imaculada/PB e o seu filho, ex-tesoureiro do município.

Os envolvidos foram denunciados pelo Ministério Público Federal (MPF), em Monteiro, por desvio de mais de R$ 606 mil de recursos públicos em benefício próprio.

Os valores sacados eram provenientes de diversos recursos federais, como convênios, termos de parceria, Fundeb e Fundo Municipal de Saúde, transferidos para a conta do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e da prefeitura.

Além do prejuízo aos cofres públicos, a ação criminosa resultou no atraso de três meses de salário e 13º salário de 516 funcionários da Prefeitura de Imaculada.

Os presos serão encaminhados, ainda hoje, ao sistema penitenciário.

 

Comunicação Social da Polícia Federal na Paraíba

cs.srpb@dpf.gov.br | www.pf.gov.br

(83) 99184-9632

Deixe seu comentário

Continue Lendo

Polícia

Operação Captura prende ex-prefeito de município paraibano

Patos/PB – A Polícia Federal deflagrou neste sábado (23/2) a Operação Captura, cujo objetivo era localizar e prender um ex-prefeito de Imaculada/PB e o seu filho, ex-tesoureiro do município.

Os envolvidos foram denunciados pelo Ministério Público Federal (MPF), em Monteiro, por desvio de mais de R$ 606 mil de recursos públicos em benefício próprio.

Os valores sacados eram provenientes de diversos recursos federais, como convênios, termos de parceria, Fundeb e Fundo Municipal de Saúde, transferidos para a conta do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e da prefeitura.

Além do prejuízo aos cofres públicos, a ação criminosa resultou no atraso de três meses de salário e 13º salário de 516 funcionários da Prefeitura de Imaculada.

Os presos serão encaminhados, ainda hoje, ao sistema penitenciário.

 

Comunicação Social da Polícia Federal na Paraíba

cs.srpb@dpf.gov.br | www.pf.gov.br

(83) 99184-9632

Deixe seu comentário

Continue Lendo

Polícia

Operação Captura prende ex-prefeito de município paraibano

Patos/PB – A Polícia Federal deflagrou neste sábado (23/2) a Operação Captura, cujo objetivo era localizar e prender um ex-prefeito de Imaculada/PB e o seu filho, ex-tesoureiro do município.

Os envolvidos foram denunciados pelo Ministério Público Federal (MPF), em Monteiro, por desvio de mais de R$ 606 mil de recursos públicos em benefício próprio.

Os valores sacados eram provenientes de diversos recursos federais, como convênios, termos de parceria, Fundeb e Fundo Municipal de Saúde, transferidos para a conta do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e da prefeitura.

Além do prejuízo aos cofres públicos, a ação criminosa resultou no atraso de três meses de salário e 13º salário de 516 funcionários da Prefeitura de Imaculada.

Os presos serão encaminhados, ainda hoje, ao sistema penitenciário.

 

Comunicação Social da Polícia Federal na Paraíba

cs.srpb@dpf.gov.br | www.pf.gov.br

(83) 99184-9632

Deixe seu comentário

Continue Lendo

POPULARES

Copyright © 2019 FOLHAR.COM.BR