Pausa nas obras da Rua Santa Catarina pega de surpresa comerciantes; serviço já foi retomado

Reformar a casa morando nela pode ser uma grande dor de cabeça. Para os comerciantes da Rua Santa Catarina, essa frase faz muito sentido devido à revitalização da rua, mesmo com a obra, as empresas permanecem abertas, atendendo normalmente. 

Na terça-feira (24/10) a Folha Regional foi convidada por empresários da rua para acompanhar a situação atual e os transtornos que a obra está causando. Mesmo que este transtorno seja temporário, alguns comerciantes relatam que a clientela diminuiu até 80%. 

Além da poeira, barulho e interdições próximas das entradas das lojas, os comerciantes relataram que a obra tinha sido paralisada na terça-feira e não haviam funcionários trabalhando. Como constatado pela nossa reportagem, entramos em contato com a Prefeitura Municipal para saber o motivo da paralisação neste dia. 

Rua Santa Catarina, em Votuporanga, está passando por obras e comerciantes fiscalizam empresa que está prestando o serviço

A Prefeitura Municipal de Votuporanga enviou a seguinte nota:
A obra de revitalização da rua Santa Catarina está em andamento há 10 dias. Nesta terça-feira, a empresa licitada parou momentaneamente o serviço para ajustes necessários no projeto, mas nesta quarta-feira, as equipes já voltaram a trabalhar. O motivo da breve paralisação foi a necessidade de ajustes no contrato depois da empresa ter observado a necessidade de reparos na rua e que não estavam previstos no projeto inicial. A inclusão foi feita, sob coordenação da Prefeitura, e as obras seguem. O prefeito João Dado solicitou a máxima agilidade para que a via seja liberada antes das vendas do final de ano.

Revitalização 

Assim como ocorreu no trecho revitalizado da Rua Amazonas, a Santa Catarina terá estacionamento apenas de um lado da via com o alargamento das calçadas. As calçadas terão 1 metro a mais do lado esquerdo e meio metro a mais do lado direto. A obra contemplará também construção de novas guias e sarjetas, além de guias rebaixadas para oferecer acessibilidade, e recapeamento da rua para finalizar o trabalho.

A rua ainda terá a instalação de bancos, lixeiras e floreiras, sem o plantio das palmeiras de saia (Washingtonia filifera) que estão na Amazonas já que a fiação aérea será mantida e poderia interferir no crescimento delas. 

A pedido do prefeito, a construtora empenhará todos os esforços na Rua Santa Catarina, para entregar este trecho até o início de dezembro, antes do período natalino.

Similar Posts

%d bloggers like this: