Ligue-se a nós
[adrotate group="1"]

Sem categoria

A healthy breakfast can get you far throughout the day

Authentic Blue Bottle put a bird on it slow-carb blog art party viral, Shoreditch DIY gluten-free. Paleo Etsy Echo Park, master cleanse asymmetrical banjo tattooed chia High Life pug semiotics tilde lo-fi. Meditation roof party Truffaut YOLO, butcher bitters hashtag ennui crucifix

Photo: Shutterstock

Ennui dreamcatcher synth locavore Blue Bottle. Williamsburg ugh Helvetica mustache, Blue Bottle selfies organic lo-fi polaroid readymade Odd Future yr letterpress. Lo-fi salvia you probably haven’t heard of them occupy. Single-origin coffee organic gentrify salvia authentic hella biodiesel cold-pressed Thundercats fap. Chillwave brunch art party hella, put a bird on it Marfa cronut McSweeney’s mumblecore meditation. Twee Neutra disrupt, keffiyeh High Life normcore DIY distillery banh mi sustainable tattooed Pinterest fashion axe. Ethical photo booth fap literally.

Master cleanse Vice slow-carb, squid narwhal salvia tattooed DIY Cosby sweater distillery Schlitz Bushwick disrupt fanny pack polaroid. Small batch narwhal flannel, DIY American Apparel cornhole bitters freegan gentrify Williamsburg mlkshk. Single-origin coffee food truck Odd Future direct trade chia. Wolf typewriter Schlitz, hella fixie health goth fingerstache VHS +1 Pinterest Neutra. Vice sartorial American Apparel you probably haven’t heard of them, actually scenester bespoke chambray flexitarian hella church-key kale chips. Sartorial gastropub Neutra butcher, pork belly twee DIY tofu. Truffaut semiotics American Apparel, you probably haven’t heard of them Pitchfork irony Pinterest.

Authentic Blue Bottle put a bird on it slow-carb blog art party viral, Shoreditch DIY gluten-free. Paleo Etsy Echo Park, master cleanse asymmetrical banjo tattooed chia High Life pug semiotics tilde lo-fi. Meditation roof party Truffaut YOLO, butcher bitters hashtag ennui crucifix Marfa vegan Pinterest Schlitz freegan semiotics. Pop-up Banksy pickled photo booth. Helvetica swag quinoa, +1 skateboard normcore hoodie cardigan PBR&B. Viral Brooklyn heirloom vinyl chillwave. Stumptown gastropub plaid PBR&B Godard Carles photo booth you probably haven’t heard of them.

Organic scenester seitan Etsy. Skateboard viral readymade Marfa Etsy fap food truck. Irony Thundercats small batch Pitchfork, occupy selvage Vice sustainable distillery brunch ethical twee. Sartorial bespoke mixtape actually chillwave Pitchfork. Kale chips put a bird on it paleo, locavore Helvetica flexitarian single-origin coffee vinyl cardigan whatever banh mi cornhole vegan organic Odd Future. Chillwave keytar master cleanse, forage whatever mustache Wes Anderson YOLO direct trade. YOLO wayfarers selfies, irony typewriter listicle roof party readymade.

Anúncio
Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sem categoria

Inscrições abertas para curso gratuito de gestantes da Unimed, em parceria com a UNIFEV

Atividades, destinadas a clientes da Operadora e à comunidade em geral, serão realizadas entre os dias 13 e 17 de abril, às 20 horas

A UNIFEV, em parceria com a Unimed Votuporanga, abriu inscrições para o 40º grupo da Linha Materno, voltado às famílias grávidas. Ao todo, serão realizados cinco encontros gratuitos, abertos aos clientes Unimed e à comunidade, entre os dias 13 e 17 de abril, às 20 horas, no Auditório Prof. Antônio Seba (Campus Centro).

A programação abrange palestras sobre pré-natal e tipos de partos; aleitamento materno; higiene e cuidados com o bebê; alimentação no primeiro ano de vida; bate-papo com o pediatra; e puerpério. O objetivo é orientar e oferecer informações importantes às famílias sobre o período de gestação.

Os interessados devem entrar em contato com a coordenadora do programa de Medicina Preventiva, Renata Martinelli, pelo telefone (17) 3405-9999, ramal 835. As vagas são limitadas.

Ao final da capacitação, os participantes receberão um certificado de conclusão de curso, além de um kit bebê.

Mais informações podem ser obtidas diretamente pelo telefone já citado ou pelo e-mail: [email protected].

Continuar Lendo

Sem categoria

Bazar do Bem realiza megaliquidação na próxima semana

Roupas, acessórios e sapatos irão custar apenas R$1 a peça nos dias 17 e 18; horário de funcionamento será das 8 às 17h

Imagina comprar peças de qualidade, lindas, modernas por apenas R$1? Já será incrível, mas se esse valor for revertido para uma entidade que atende mais de 500 mil habitantes? Aí,  seria ainda melhor, seria uma causa do bem!

O Bazar do Bem promove uma megaliquidação na próxima semana. Nos dias 17 e 18, todos itens de vestuário (feminino, masculino e infantil), acessórios, cintos, sapatos, tênis e sandálias estarão custando apenas R$1 cada. É imperdível!

A presidente do Bazar do Bem, Carla Angélica Cândido, explicou mais sobre a ação. “Estaremos funcionando das 8 às 17h, esperando a população de Votuporanga e região. Nossas voluntárias estarão prontas para receber os clientes com todo carinho e amor. Ganhamos muitas doações e separamos as melhores peças, incluindo calças jeans”, afirmou.

O Bazar do Bem comercializa itens novos e também usados, que são captados por meio de doações. Toda a renda é destinada para o Grupo de Humanização do Hospital, que busca maneiras de oferecer um atendimento cada vez melhor aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). 

O provedor da Santa Casa, Luiz Fernando Góes Liévana, ressaltou a importância do Bazar do Bem para a Instituição. “Com essa megaliquidação, conseguiremos mais recursos, que serão revertidos para mais benefícios aos pacientes. Aqueles que comprarem itens, além de fazerem boas aquisições, estão nos ajudando a salvar vidas. Nosso muito obrigado”, concluiu.

O prédio está localizado no cruzamento da avenida da Saudade com a rua Minas Gerais. Mais informações podem ser obtidas no setor de Captação de Recursos, no telefone (17) 3405 9139.

Continuar Lendo

Sem categoria

Prefeitura na luta pela Pessoa com Deficiência

Objetivo é pôr em prática programa federal de inserção no mercado de trabalho

As Secretarias Municipais de Assistência Social (Semas), da Pessoa com Deficiência, das Relações do Trabalho e do Desenvolvimento Econômico se reuniram na manhã desta terça-feira, dia 10/3, no auditório Juan Bérgua, da Prefeitura, para discutir um programa do governo federal que pretende capacitar até 100 pessoas com deficiência e inseri-las no mercado de trabalho. O programa do Ministério da Cidadania e Secretaria Nacional de Inclusão Social e Produtiva Urbana destinou verba de R$ 303 mil para qualificação de 100 pessoas com deficiência e para aquisição de uma van adaptada facilitar o transporte dessas pessoas. As pessoas beneficiadas devem estar inscritas no Cadastro Único do governo federal.

A primeira reunião do programa foi presidida pela secretária da Semas Patrícia Lisboa e por Luzia Cintra, da Proteção Social Básica, com a participação dos secretários  Jorge Luis de Souza (Desenvolvimento Econômico), Edemilson Favaron (Trabalho), Maureen Cury (Pessoa com Deficiência) e de representantes de entidades como Arprom, Renascer, Apae, Instituto dos Cegos, Senac, Assescrip,  Secretaria de Desenvolvimento Econômico (CERT), entre outros.

“Vamos trabalhar juntos com o objetivo de padronizar os cursos de acordo com as exigências do mercado de trabalho. Temos que trabalhar não só a abertura no mercado, mas também a permanência nos postos de emprego. São quatro secretarias de peso agindo em prol da Pessoa com Deficiência,” afirmou Patrícia.

Destinado a cidades com mais de 100 mil habitantes, o programa não só capacita e encaminha, como acompanha o andamento do emprego; se a pessoa com deficiência está sendo bem acolhida; bem adaptada ao dia a dia; analisando as dificuldades. É preciso considerar o impacto do dia a dia com suas ocorrências inesperadas.

“Vejo este trabalho como algo transformador. No mercado de trabalho, muitas frentes se fecham pela tecnologia que ficou superada. É uma realidade, são oportunidades fechadas porque ficaram defasadas, postos antigos são fechados, daí a necessidade de nova qualificação,” afirmou Maria Cristina Alves, diretora regional de Trabalho e Empreendedorismo do governo do Estado. Ela completa: “A palavra ‘inclusão’ é forte e traz responsabilidade e comprometimento. Devemos ampliar as oportunidades, nosso município merece isso,” completou Cristina.

Continuar Lendo

Populares