Inscrições para a 1ª Oficina de Boas Práticas na Adolescência terminam nesta sexta em Votuporanga

Na próxima terça (23/10) e quarta-feira (24/10), a Prefeitura de Votuporanga por meio da Secretaria Municipal da Saúde promove a 1ª Oficina de Boas Práticas na Adolescência, Gravidez, Aids e demais IST (Infecções Sexualmente Transmissíveis), das 8h às 17h, no Polo UAB – Universidade Aberta do Brasil.

Com a coordenação do Prosad – Programa de Saúde do Adolescente, a capacitação gratuita é voltada para alunos acima de 15 anos matriculados na rede municipal e particular de ensino e para os profissionais ligados a saúde, educação e assistência social de Votuporanga. As inscrições podem ser feitas pelo e-mail prosadvotu@terra.com.br até esta sexta-feira (20/10). As vagas são limitadas.  

A oficina ministrada pelo Dr. Chafik Abduch, médico do Programa do Adolescente do Estado de São Paulo irá discutir temas presentes no universo adolescente, como sexualidade, gravidez na adolescência, doenças sexualmente transmissíveis, uso de drogas, transtornos alimentares, entre outros. A coordenadora do Prosad em Votuporanga e psicóloga, Rosely Eleutério diz que o objetivo do encontro é instrumentalizar profissionais que tem o público-alvo jovens acima de 15 anos como substrato de ações preventivas, e os próprios jovens, como agentes de prevenção de gravidez não planejada e IST. “Tendo em vista o perfil dos adolescentes e as principais demandas características desta fase, a nossa pretensão neste encontro, é apresentar ferramentas que orientem esses profissionais a atrair jovens multiplicadores à causa, e sobretudo sensibilizar esses adolescentes sobre a necessidade de se propagar e discutir questões tão inerentes as suas vivências”. 

Saúde do Adolescente

O Programa teve início em Votuporanga em 1997, quando o índice de adolescentes grávidas era 21,33%; em 1999 atingiu 23,94%, o maior índice registrado. Em 2016 tivemos o menor índice de gravidez na adolescência que foi 10,90%, explica a coordenadora do Prosad. “Os números do município contribuem para que o Estado de São Paulo diminua os índices da gravidez na adolescência. Essa redução se deve aos trabalhos preventivos realizados ao longo dos anos pelo Programa do Adolescente, assim como também de outros setores”.  

O Prosad atende adolescentes de 10 a 20 anos do sexo masculino e feminino, gestantes e não gestantes. Eles recebem orientações em grupos educativos e são acompanhados por uma equipe multiprofissional (ginecologista, pediatra, psicóloga, dentista, enfermeira, fisioterapeuta, educadora perinatal e agente comunitária de saúde). Atualmente os grupos são promovidos nos Consultórios Municipais “Dr. Ruy Pedroso” – Palmeiras I, “Dr. Gumercindo Hernandes Morales” – São João e “Jerônimo Figueira da Costa Neto”, Jardim Marin.

Similar Posts

%d bloggers like this: