Futebol, samba e churrasco: várzea reúne gerações de famílias em SP

author
1 minute, 37 seconds Read

Situada no bairro da Casa Verde, a área que concentra as sedes de seis tradicionais clubes de várzea na cidade tem aproximadamente 50 mil metros quadrados e está encravada em um dos espaços mais valorizados da capital paulista. O local fica a apenas quatro quilômetros do Marco Zero de São Paulo, próximo ao Sambódromo e pertence ao terreno do Campo de Marte, importante aeroporto utilizado pela aviação executiva

Ao entrar no terreno, o cenário é semelhante ao encontrado em cidades interioranas

Os “quero-queros” aproveitam a tranquilidade da semana

Os campos de várzea da Casa Verde são uma ótima opção de lazer gratuito para a população da região

Os campos são cercados pela vegetação atlântica da região

Os valores familiares são preservados pelos mantenedores dos campos e representantes dos clubes

Além dos campos, todos os clubes construíram vestiários e equipamentos para possibilitar divertimento para os jogadores e suas famílias

O Baruel é um dos times mais antigos. As agremiações foram fundadas entre as décadas de 1930 e 1950

O terrão é o símbolo da várzea realmente amadora

A chuva torna o terreno ainda mais desafiador para os jogadores

Dá pra ver os cravos das chuteiras no solo

Saimon, o “vigia”, observa atentamente os visitantes para manter a segurança do local. O cachorro apareceu ainda pequeno nos campos do complexo e o pessoal do Cruz da Esperança o adotou

Um dia, Saimon sumiu e os frequentadores publicaram a foto dele em um perfil no Facebook. Houve centenas de compartilhamentos, milhares de curtidas e o cão voltou para casa. Ele estava com uma senhora no bairro vizinho de Santana

Otacílio Ribeiro é um dos líderes do movimento que luta para manter o último reduto da várzea na zona norte

Os frequentadores negociam com a Prefeitura de São Paulo para preservar parte do espaço, realocar os campos e construir um centro de lazer no local

Similar Posts

%d bloggers like this: