Folha Esporte

Brasil sofre com bolas de 3, perde do Canadá e se complica nas Eliminatórias

O Canadá confirmou o favoritismo diante do Brasil nesta quinta-feira e complicou a situação da seleção nas Eliminatórias das Américas para o Mundial de Basquete de 2019, na China. Fora de casa, na Place Bell Arena, em Laval, a seleção de Aleksandar Petrovic sofreu com a chuva de bolas de três pontos do adversário, caiu por 85 a 77 e estreou mal na segunda fase do classificatório.

O Brasil sofreu com as oscilações na partida, chegou a dificultar a vida do Canadá em alguns momentos, mas não encontrou resposta para os arremessos de longe do adversário e para Kevin Olynyk. Foram 14 arremessos convertidos de três para os donos da casa – contra apenas cinco do Brasil -, sendo três do ala/pivô do Miami Heat, que terminou com 20 pontos e 19 rebotes.

Com o resultado, o Brasil tem cinco vitórias e duas derrotas no Grupo F das Eliminatórias, atrás de Venezuela e Canadá e disputando posição com a República Dominicana – vale lembrar que são carregados os resultados da fase anterior. Para conseguir se classificar ao Mundial, o País precisa ficar pelo menos entre os três primeiros do grupo. Se for quarto, terá de ser melhor do que o quarto colocado da outra chave.

No primeiro quarto desta quinta, a seleção chegou a surpreender o adversário com uma boa defesa e com os arremessos de Vítor Benite. Quando os reservas entraram, no entanto, o Canadá aproveitou para exercer sua superioridade. Começava, então, o show de Olynyk, que fez os donos da casa encerrarem o período em vantagem: 22 a 19.

Yago deu trabalho para a defesa canadense, mas os responsáveis por manter o Brasil no jogo eram os veteranos Leandrinho e, principalmente, Anderson Varejão. Quando o segundo estava fora, Olynyk tinha ainda mais liberdade para atuar. Com muito espaço na zona de três, os canadenses foram abrindo até irem ao intervalo com oito pontos de frente.

No segundo tempo, o Brasil foi bastante oscilante, o que acabou com qualquer chance de vitória. Tanto no terceiro quanto no quarto períodos, a seleção começou mal, viu o Canadá abrir e precisou buscar o prejuízo. A vantagem dos anfitriões chegou a 13 pontos, os visitantes encostaram, mas em nenhum momento ameaçaram a vitória.

Além de Olynyk, o Canadá contou com atuações inspiradas de Tristan Thompson (10 pontos e 12 rebotes) e Cory Joseph (16 pontos e 10 assistências), que têm papel importante na NBA por Cleveland Cavaliers e Indiana Pacers, respectivamente. Melvin Ejim ainda saiu do banco para marcar 14 pontos.

Pelo lado brasileiro, Leandrinho terminou como cestinha, com 18 pontos, enquanto Marcelinho Huertas anotou 14, além de 12 assistências. Augusto Lima, com 10 pontos e 10 rebotes, e Varejão, com 10 pontos e uma ótima atuação defensiva, também tiveram bons momentos.

Deixe seu comentário