Junte-se a mais de 5000 leitores inteligentes e receba a Edição Diária do Jornal Folha Regional no seu e-mail (é grátis)

Respeitamos sua privacidade. Você está 100% seguro! Após enviar, você precisará confirmar no seu e-mail a assinatura.

Folha Esporte

Beira-Rio inicia processo de retirada de cinco mil cadeiras

Lance

Lance
Lance

O estádio do Beira-Rio, assim como acontece na Arena do arquirrival, terá um setor dedicado aos torcedores do Internacional que gostam de assistir a partida em pé, sem as tradicionais cadeiras, simulando a antiga tradição brasileira de um setor comumente chamado de Geral.

Em seu site oficial, o Colorado divulgou que deu início nessa semana ao processo de retirada de cinco mil cadeiras, número máximo permitido pela legislação e os respectivos órgãos de segurança. Antes de começar essa retirada, o clube afirmou que passou por trâmites de segurança envolvendo três entidades diferentes do estado: Batalhão de Operações Especiais, Brigada Militar e Corpo de Bombeiros.

Além da retirada das cadeiras, está previsto na iniciativa a instalação das chamadas barras antiesmagamento, não permitindo que a movimentação conhecida como avalanche ocorra e possa causar acidentes mais graves com os torcedores que ocupem o setor.

Nas palavras do diretor de patrimônio, Marcelo Poloni, essa medida é solicitada pelo torcedor desde o início de 2017. Porém, somente agora foi possível concluir todas as análises e debates internos para que o projeto saísse do imaginário e entrasse na parte prática.

– Esse é um processo que iniciou praticamente junto com o começo desta gestão, no início de 2017. Logo que a gente assumiu, contratamos uma empresa especializada no assunto que começou a fazer os estudos e projetos de viabilidade técnica. A partir desse estudo, começamos a debater internamente entre as áreas do Clube. Questões como tamanho da área, capacidade, setor e, obviamente, a segurança do torcedor – afirmou Marcelo.

– Depois de atender todas as solicitações dos órgãos responsáveis, principalmente o Corpo de Bombeiros, que sempre foi muito solícito, iniciamos a remoção com o objetivo de no início da temporada estar tudo pronto e a torcida possa ter este setor disponível para fazer uma festa ainda maior – completou.

Deixe seu comentário