Feminismo – Porque sim, ele ainda se faz necessário

author
2 minutes, 30 seconds Read

Nossas últimas colunas foram dedicadas à gestão estratégica de nossas empresas e carreiras, bem como ao autoconhecimento referente a questões internas de cada um de nós. Mas não vivemos sozinhos, vivemos em sociedade e com o outro sempre estamos trocando. Trocamos palavras, construímos relações. Por conta disso, o tema da coluna de hoje será sobre nosso posicionamento em relação a um assunto importante da sociedade em que vivemos.

Vamos refletir sobre a mulher e o papel dela no mundo em que vivemos??

Outro dia, uma aluna me perguntou: “Professora, você (sim, nada de senhora comigo, além de ser nova, prezo pela informalidade na minha sala de aula) não acha o feminismo muito radical?” Eu fiquei um pouco chateada com a pergunta, devo confessar. Claro, também prezo pela liberdade de expressão, seja na minha sala de aula ou fora dela. Mas saber que as pessoas, entre elas muitas mulheres, ainda não entenderam o que a palavra feminismo quer dizer, me deixa preocupada com o mundo que deixaremos para nossos filhos e filhas. Saber que muitas situações abusivas e de preconceitos vividas pela minha avó, são vividas por mim e poderão ser vividas pela minha neta me dá medo e um tanto de desanimo. Ainda bem, que como vocês sabem, eu não sou muito de me apegar ao desanimo. Por isso, continuo aqui, com esse texto e com minhas atitudes diárias, lutando para que situações fiquem na história, o quanto antes.

E você, como está lidando com esse tema tão importante?! Qual a sua opinião sobre o papel da mulher no mundo em que vivemos? E sobre estereótipos e preconceitos?

Para quem ainda tem dúvidas sobre a importância do tema, vamos a alguns conceitos e esclarecimentos:

Conceito de Feminismo – Sistema dos que preconizam a ampliação legal dos direitos civis e políticos da mulher ou a igualdade dos direitos dela aos do homem. (fonte: dicionário Aurélio).

Conceito de Machismo –Ideologia segundo a qual o homem domina socialmente a mulher. (fonte: dicionário Aurélio).

Diferença salarial entre homens e mulheres – 30% (fonte: OIT).

Percentual de mulheres em cargos de liderança no mercado de trabalho – 3% (fonte: OIT).

Expectativa para equiparação salarial e de oportunidades no mercado de trabalho: 170 anos (fonte: OIT).

Atendimentos feitos pela Central de Atendimento à Mulher (180) no primeiro semestre de 2016 – 555.634 atendimentos: em média, 92.605 atendimentos por mês, e 3.052 atendimentos por dia. (fonte: Central de Atendimento à Mulher).

Infelizmente, ainda temos um longo caminho pela frente, mas sei que juntos somos mais fortes! Pois como respondi a minha aluna: “Nenhum ato de violência, justifica mais violência. O caminho para a convivência pacifica dos gêneros (e dos povos) não passa pela agressão, mas pelo diálogo franco e respeitoso. Não somos iguais e isso não é ruim, pois somando nossas diferenças individuais o resultado é o crescimento do todo.”

Similar Posts

%d bloggers like this: