Educação e boa vontade

author
1 minute, 42 seconds Read

Fiz uma grande descoberta essa semana. Descobri que educação e boa vontade devem andar juntas, não adianta você ser educado se não tiver boa vontade.

E vou contar como descobri isso. Esse fim de semana que passou fui de viagem para Curitiba. Sim! Passei muito frio, mas esse não é o caso. O que quero contar aqui é que viajar de cadeira de rodas no avião não é nada fácil. Vocês sabem que não sou de reclamar das coisas, mas a situação de embarcar e desembarcar de um avião com a minha cadeira é bem embaraçosa. Mas os funcionários das companhias aéreas são sempre muito educados, afinal são treinados para isso.

Acontece que, no meu caso educação apenas não basta, o que preciso mesmo é de boa vontade. E foi assim que pude perceber uma grande diferença entre as pessoas educadas, que não faltam com respeito, cordiais, aquelas pessoas que sabem ser finas, sabem? Com as pessoas de boa vontade, dispostas a ajudar, que sabem se colocar no lugar do outro e entendem que educação é um conjunto de boas ações.

Nesse meu itinerário de Votuporanga a Curitiba contei com aeromoças educadas, que me explicavam que não poderiam trocar meus assentos para os primeiros lugares pois haviam pessoas que pagaram a mais por eles. Encontrei pessoas de boa vontade que me sedaram esses assentos pois perceberam que era realmente muito melhor para mim.

Encontrei pessoas educadas que respeitavam a fila prioritária e outras de boa vontade que esperavam sem reclamar eu embarcar e acreditem, isso demora mesmo.

Encontrei funcionários educados que me explicaram que minha cadeira era muito pesada para levarem até a porta do avião e encontrei outros de boa vontade que mesmo sendo pesada carregaram-na até dentro do avião pois sabiam que aquilo era importante para mim.

Dessa maneira eu aprendi que educação é necessária, essencial. Mas boa vontade, empatia, estar disposto a servir, isso encanta.

Similar Posts

%d bloggers like this: