É decisão! Saiba como é um dia de final no futebol de várzea em SP

author
2 minutes, 19 seconds Read

A reportagem do R7 esteve em Paraisópolis, no último dia 18, para acompanhar a final da 11ª Copa da Paz, um dos maiores torneios do futebol de várzea de São Paulo. Com direito a virada e título inédito, a decisão entre Renegados B e Pioneer foi emocionante. 

Confira as melhores imagens da final da Copa da Paz de 2018

Antes mesmo da partida começar, os torcedores se acomodavam como podiam nos entornos da Arena Palmeirinha, em Paraisópolis

O Pioneer, tradicional time da zona sul de São Paulo, precisou de oito ônibus para levar sua torcida e delegação, que marcaram presença em Paraisópolis

Os jogadores das duas equipes foram recebidos com muita festa e fumaça na arena

Atletas do Pioneer, que buscavam título inédito, foram saudados pela torcida

Devidamente uniformizadas, as equipes de
arbitragens são, em geral, de empresas especializadas 

Na várzea, em todo lugar é possível se acomodar para ver os jogos. Ainda mais em uma grande final

Logo no primeiro minuto, o centroavante Hugo abriu o placar e o Renegados B — clube mandou times A e B para a competição, e foi a equipe “secundária” que chegou à final — foi fazer a festa nos alambrados

Na Copa da Paz, o jogo é sempre com respeito, mas os jogadores não entram em divididas para perder

Não demorou muito e, aos 32 minutos, Givanildo ampliou. Parecia que o Renegados B estava muito próximo do título

No final da primeira etapa, em lance polêmico após bate-rebate na área do Renegados, Mizael diminuiu o placar

Todos os jogadores foram para cima da arbitragem e, sem brigas, a confusão rapidamente acabou: o lance foi validado e o Pioneer voltou ao jogo

No fim de tarde da zona sul paulistana, poucos programas de fim de semana podem ser tão animados quanto uma decisão do futebol amador

Em grandes jogos da Copa da Paz, a Arena Palmeirinha fica cheia

Já na segunda etapa, Mizael marcou mais um gol e empatou o jogo. Os jogadores do Pioneer comemoraram muito

Aos 29 minutos da etapa final, com a decisão se aproximando dos pênaltis, o meia Marcinho marcou o gol do título inédito — para ele e para o Pioneer FC

Após a confirmação do título, jogadores e torcedores do Pioneer foram à loucura

A delegação do Pioneer se reuniu ao centro do gramado para um momento de concentração e discursos do técnico e dos jogadores

Depois da festa, o prêmio de R$ 30 mil para o Pioneer, o vencedor da Copa da Paz de 2018

Quase caiu! Ao darem a volta olímpica, os jogadores quase derrubam o troféu, mas tiveram tempo de impedir o desastre

Veja também: Várzea? ‘Liga’ do futebol amador desembolsa R$ 1,5 milhão em 2018

Similar Posts

%d bloggers like this: