Descoloriu, venceu: palmeirenses de cabelos loiros são sinal de título

author
3 minutes, 0 seconds Read

Desde Paulo Nunes no fim dos anos 90, o Palmeiras criou um tradição com cabelos descoloridos vencedores. Nas últimas três décadas, foram vários jogadores que pintaram o cabelo de loiro — ou chegaram assim ao clube — e conquistaram títulos pelo Verdão.

Confira quem foram os donos dos cabelos loiros que faturaram títulos pelo Palmeiras

Um dos grandes expoentes da turma é Gabriel Jesus, atacante do Manchester City. Ao fim de 2015, ao pagar uma aposta, descoloriu o cabelo. O resultado? Foi campeão brasileiro em 2016

Menos de dois meses antes de Gabriel, às vésperas da final da Copa do Brasil de 2015, o centroavante Alecsandro pintou de loiro não só o pouco cabelo que tinha como também sua chamativa barba. Na decisão diante do Santos, o Verdão conquistou o tricampeonato

Paulo Nunes abriu o caminho para seus futuros colegas de cabelos louros. O atacante chegou ao Palmeiras em 1998 e, no Verdão, foi campeão da Copa do Brasil (1998), Copa Mercosul (1998) e da Libertadores de 1999

Um dos destaques do Paulistão de 2016 pelo vice-campeão Audax, Tchê Tchê chegou com um visual tímido. Em julho, descoloriu o cabelo. Quatro meses depois, foi campeão brasileiro pelo Palmeiras

No fim do ano passado, Tchê Tchê foi um pouco mais ousado no visual. Em julho deste ano, após deixar o Palmeiras rumo ao Dínamo de Kiev, chegou ao clube do leste europeu conquistando a Supercopa da Ucrânia

Assim como Tchê Tchê, o descolorido Róger Guedes chegou ao Palmeiras sem títulos na carreira. Logo no primeiro ano, faturou o Brasileirão de 2016

Vágner Love foi revelado pelo Palmeiras em 2002 e, no ano seguinte, teve participação importante na conquista da Série B do Brasileirão. Na reta final da campanha, pintou o cabelo de loiro com uma faixa verde. No ano seguinte, de volta à elite nacional, fez tranças com a cor do clube

Emocionante: Torcedor do Palmeiras que viralizou bate pênalti no Allianz Parque

No elenco palmeirense em 2018, um trio descolorido se destaca. Ele é formado pelo atacante Deyverson, o meia Lucas Lima e o lateral-esquerdo Victor Luís. Será que pode ser bom sinal para o time de Felipão?

Confira: Agora ‘cachorrão’ , Thiago Santos elogia Felipão e vê Palmeiras seguro

Deyverson não fez carreira no Brasil e jogou na Europa durante quase toda a carreira, até fechar com o Palmeiras em 2017. Ele pintou o cabelo na pausa para a Copa do Mundo de 2018. Desde então, com Felipão, o Verdão embalou e está vivo nas três principais competições que disputa no ano. Deyverson já marcou gols importantes, como na vitória contra o Corinthians, no último domingo

Verdão x Cruzeiro: 30 mil ingressos vendidos para a semifinal no Allianz

Um dos destaques do time, Lucas Lima deixou o Santos em mau momento e foi encarado com certa desconfiança pelo torcedor palmeirense, mas tem demonstrado bom futebol e conquistado seu espaço no clube

Palmeiras x Cruzeiro: qual das duas equipes é melhor?

Revelado em 2014 pelo Palmeiras, Victor Luís passou por empréstimos para o Ceará e o Botafogo. Após ótimo ano pelo Bota, voltou ao Verdão e, atualmente, briga a cada jogo pela titularidade com Diogo Barbosa

Quem melhorou e quem piorou com troca de técnico no Brasileirão

Mais um? Há menos de um mês no Palmeiras, o meia japonês Daiju Sasaki, que veio por empréstimo junto ao Vissel Kobe, também já descoloriu a cabeleira. Bom sinal para o Verdão?

Com Gustagol e Gabigol, veja lista dos 15 artilheiros do ano no Brasil

Similar Posts

%d bloggers like this: