Ligue-se a nós

Colunistas

Depressão pós-parto

A gestação é um momento único na vida da mulher, pois ela se sente a pessoa mais importante do mundo em poder gerar outra vida.

Associada com toda essa alegria, vem a espera dos 9 meses em seu ventre. A mulher desenvolve um vínculo maravilhoso e único com seu bebê. Ela sente que em seu ventre ele estará protegido e esse momento é somente seu. Um turbilhão de hormônios é responsável para que uma gestação se complete. Essa quantidade enorme de hormônios carrega consigo alterações psicológicas muito importantes.

Ao nascimento, a mãe sente que naquele momento, o seu filho não é somente seu e sim do mundo. Com isso o vazio é enorme!!! É muito comum, nos primeiros 15 dias a mulher se sentir fragilizada, angustiada e muito chorosa, pois todos aqueles hormônios apresentam uma queda brusca evidente.

São sintomas que acontecem em 50 a 85% das mulheres, sintomas muito intensos, principalmente no 4 e 5 dia e tendem a cessar, o que chamamos de Disforia no pós-parto. O máximo que eles devem permanecer é até os primeiros 15 dias. Porém, muitas vezes esses sintomas não passam, pelo contrário, intensificam e a mulher começa a apresentar: angústia, tristeza, insônia, choro fácil e em casos mais graves a rejeição do bebê, por achar que ele seja responsável por aquele momento triste.

É uma doença muito difícil, pois a própria mulher se sente culpada por sentir todos esses sintomas em um momento que deveria ser pleno, gerando um ciclo vicioso. É o que chamamos da Depressão pós-parto.

Mulheres que tiveram depressão antes da gestação, que apresentam violência doméstica, gravidez não desejada, não apresentam apoio dos familiares, parto com complicações e problemas no bebê, estão mais propensas a desenvolver a depressão pós-parto. O apoio da família, dos amigos é muito importante para a mulher nessa fase, a mãe tem que se sentir segura, amparada e entender que esse momento é único e passageiro.

Os familiares tem que tentar auxiliar nos primeiros dias do nascimento do bebê, essa é uma ótima estratégia. A terapia psicológica ajuda muito para que a mulher sinta que não é a primeira a passar por isso, é uma ajuda imparcial de um profissional qualificado. O tempo para se alimentar será mais curto, porém deve ser de qualidade para fornecer nutrientes para a mãe e ao bebê. A ajuda com o bebê tem que ser divididas e muitas vezes as tarefas de casa são deixadas para trás.

Então mulher não se cobre demais, a nova rotina está sendo adaptada aos poucos, você é forte, você consegue, eu acredito em você. A sociedade apresenta muito preconceito no tema depressão pós-parto, pois encaram como rejeição ao filho, “pecado” ou falta de zelo, pois são fatores contrários ao contexto maternidade, onde a mulher sonha com a amamentação e com os momentos lindos que a gestação possa apresentar, mas nem sempre isso acontece, então vêm às frustrações.

Então mãezinha, peça ajuda se você não estiver se sentindo bem, o tratamento precoce é fundamental. Lembre-se, mesmo após os 15 dias da gestação, se você não estiver bem, procure ajuda. Hoje no mercado existem medicamentos de qualidade que não necessite brecar a amamentação, nossa função é sempre fortalecer esse vínculo entre mãe e filho.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Publicidade

Blog do Alexandre

Panorama Político – Áudio Vazado

Críticas
“É muita ingratidão” afirmou uma pessoa próxima ao prefeito João Dado, ao saber do vazamento de um áudio do ex-secretário Serginho, com fortes críticas ao Prefeito e a Secretária da Saúde.

Voz ativa
Serginho da Farmácia, na minha opinião, foi um dos melhores presidentes que a Câmara de Votuporanga já teve, assim como o vereador Osmair Ferrari. Apoiador incondicional deste jornal e da liberdade de imprensa, ele tem voz ativa com a população.

Cadê os aliados?
Assim como outros vereadores, Serginho deve ter cansado da forma que vem sendo tratado pelo Executivo. Aliás, o Prefeito João Dado precisa melhorar muita a relação Executivo x Legislativo, que anda meio “abalada” para não perder mais aliados.

Ano Eleitoral
Como este ano é um ano eleitoral, os vereadores devem ter condutas específicas e tomar cuidado para não infringir a lei. Foi publicado nesta sexta-feira (24) no Diário Oficial do Município, um conjunto de condutas que devem ser respeitadas pelos vereadores de Votuporanga. Confira abaixo o Ato publicado pelo presidente da Casa, o vereador Meidão.

Pronunciamentos
Art. 1º Fica vedada a utilização das Sessões Ordinárias, Extraordinárias e Solenes, bem como Audiências Públicas e reuniões oficiais promovidas pela Câmara Municipal para qualquer tipo de pronunciamento ou manifestação que faça alusão à promoção de pré-candidatos ou candidatos a cargos eletivos em ano de eleições.

Proibido reuniões de partidos
 Art. 2º As dependências da Câmara Municipal não poderão ser utilizadas para reuniões de partidos políticos.

Utilizar a estrutura da Câmara para fins eleitorais
Art. 3º Fica vedado o uso de bens móveis, materiais ou serviços custeados pela Câmara Municipal como telefone fixo, celulares, pacote de dados dos celulares, computadores, internet, e-mail institucional, veículos oficiais, impressoras, xérox, correspondência oficial e ainda, Servidores Públicos e Voluntários de Vereadores que atuam nos Gabinetes, para atividades com finalidades eleitorais ou que excedam as prerrogativas parlamentares consignadas na Lei Orgânica e no Regimento Interno.

Sessões pela TV ou online só até dia 29 de junho
Art. 4º As transmissões das Sessões Ordinárias, Extraordinárias e Solenes via internet e televisão serão suspensas a partir de 30 de junho do ano em que ocorrer a eleição até o dia posterior à realização do último dia de votação no Município.  Art. 5º Qualquer infração as disposições contidas neste ato e na legislação eleitoral serão encaminhadas aos órgãos competentes para as providências cabíveis, sem prejuízo

Sessões
As sessões da Câmara retornam nesta segunda-feira (27), para a alegria de muitos e a tristeza de alguns, estarei junto com minha equipe da Folha Regional fazendo a cobertura de todas as sessões do ano.

PUBLICIDADE

Entrevistas
Vou começar uma série de entrevistas na próxima semana. O nosso primeiro entrevistado será um grande político que esteve à frente de uma das secretarias que tem mais visibilidade com o público. Aguarde!

PUBLICIDADE

Continue Lendo

Blog do Alexandre

Panorama Político – Dengue e Impeachment

Dengue
A população de Votuporanga está em pânico! Não é para menos, após a divulgação na TV TEM que a cidade tem mais de 700 casos suspeitos e 148 casos confirmados da doença, muitos munícipes tem cobrado o poder público sobre ações à serem tomadas para evitar mais doentes.

Nebulização Antidengue
Outra reclamação dos moradores é sobre a nebulização antidengue, que segundo os moradores, não estão acontecendo nos bairros.  Recentemente o vereador Hery Kattwinkel encaminhou ao Ministério Público de Votuporanga um ofício cobrando providências em relação a falta de veneno para os agentes de saúde combater o mosquito.

Fazendo a nossa parte
Enquanto o poder público faz a parte dele (ou pelo menos tenta), os moradores devem se conscientizar, não acumulando água parada e mantendo os quintais limpos. 

Pedido de Impeachment
O “fantasma” da cassação está rodeando novamente as estruturas políticas da cidade. Dessa vez, quem pode ser alvo de um processo de impeachment (sim, no caso do Poder Executivo, este é o termo correto)  é o prefeito de Votuporanga, João Dado. Eu recebi no meu WhatsApp um documento do IBAM (veja abaixo na íntegra), onde consta que a Câmara Municipal de Votuporanga, consultou o órgão sobre a legalidade da entrega da medalha “8 de agosto” aos vereadores que votaram favoráveis ao projeto de Lei 3/2020, que liberou R$20 milhões para obras na cidade. A homenagem, segundo o órgão, pode ter caracterizado “compra de votos e/ou infração ética”

Prefeito x Impeachment
O impeachment é um mecanismo aplicável a qualquer representante do poder Executivo. Isso significa que prefeitos também estão sujeitos a esse processo.

Denúncia
O processo de impeachment sempre tem início com uma denúncia (mas nem toda denúncia necessariamente resulta em um processo de impeachment, ok?). A denúncia de uma infração político-administrativa pode ser feita por qualquer eleitor, partido ou vereador. Segundo uma fonte, isso já está sendo providenciado e poderá ser entregue em mãos ao presidente da Câmara Municipal de Votuporanga, Meidão.

Depois disso
Quando recebe uma denúncia, a Câmara realiza uma primeira votação, na qual decide sobre a admissibilidade da denúncia. Se a votação decidir por acatá-la, então é aberto o processo de impeachment.

Medalha “8 de Agosto”
A medalha é uma honraria instituída pelo Decreto nº 3333 de 1987 “a pessoas residentes ou não no Município, que por seus méritos e serviços de excepcional relevância, a juízo do Chefe do Executivo, se tenham tornado dignos de especial destaque”. Dado ressuscitou esta honraria em sua gestão, e já entregou esta medalha para um empresário, para o Deputado Carlão Pignatari e mais seis vereadores. 

Veja o parecer abaixo:

PUBLICIDADE

 

 

PUBLICIDADE

Continue Lendo

Blog do Alexandre

Panorama Político: As chances aumentam para quem tem menos rejeição

Chances
As eleições municipais acontecerão neste ano e mais uma vez, candidatos e candidatas disputarão vagas para prefeito e vereadores de suas cidades. Nesta eleição terá mais chances de vencer o pleito eleitoral os candidatos que tiverem “menos rejeição” da população.

Fator decisivo
Com o advento das redes sociais e os usuários cada vez mais conectados, ficou fácil descobrir o que as pessoas querem e o que não querem. Um político rejeitado é logo identificado, carimbado e porque não julgado pela comunidade que está inserido.

Bastidores
Os bastidores da política é o grande termômetro dos “rejeitados”. Uma tentativa de reeleição, seja para vereador ou prefeito, está diretamente ligada a popularidade do candidato.

Como descobrir a rejeição
Os próprios políticos sabem como é fácil descobrir se um candidato é ou não rejeitado. Geralmente, nas pesquisas eleitorais, existe uma pergunta mais ou menos assim: Você votaria em um candidato que o Prefeito X apoiasse? Ou ainda: caso o Prefeito X tentar a reeleição, você votaria nele? Existe inclusive ferramentas digitais que descobrem a quantidade de menções do nome de um político na internet e mensura a popularidade do mesmo e a rejeição.

Alianças e Vice
Outros fatores que serão interessantes observar este ano: alianças partidárias, políticos que mudam de partido e a escolha dos vice-prefeitos das chapas. Um candidato principal com um vice rejeitado pode sim afetar os votos.

Mudando de partido
A chamada janela eleitoral, período em que vereadores podem mudar de partido para concorrer à eleição (majoritária ou proporcional) de outubro sem incorrer em infidelidade partidária, ficou fixada de 5 de março a 3 de abril. Em Votuporanga, um verdadeiro troca-troca de partido por parte dos vereadores deve acontecer. Vamos ficar de olho e comentar as principais alterações no decorrer do período. 

PUBLICIDADE

Continue Lendo

POPULARES