Com o peso da vida nas costas

author
3 minutes, 21 seconds Read

“Marvin, a vida é pra valer. Eu fiz o meu melhor. E o seu destino eu sei de cor” (Marvin – Nando Reis)

A vida é feita de sobrecargas e tensões emocionais ou físicas que podem nos levar ao aparecimento de dores agudas ou crônicas que limitam nosso dia a dia, diminuindo nossa produtividade e consequente qualidade de vida.

O cantor e compositor Nando Reis nos fala sobre uma vida sofrida e cheia de dores nessa canção. Uma vida assim naturalmente reflete sobre nossos relacionamentos e sobre a nossa atividade de vida diária. Somatizar é transmitir para o nosso corpo físico aquilo que nos sobrecarrega o emocional. E ganhamos dores…e muitas vezes, dores nas costas.

Devido ao estilo sedentário de algumas pessoas, por abandonar a atividade física e se dedicarem mais ao trabalho, aumentam os riscos de se ter lesões, ou desgastes articulares que são chamados de desgastes crônicos degenerativos.

Crônicos porque se prolongam por semanas, meses ou até anos, causando desgastes progressivos que degeneram os tecidos articulares, tendinosos ou musculares, possibilitando a perpetuação das dores agudas em dores crônicas.

Dependendo dos hábitos de postura corporal em casa ou no trabalho, podemos desenvolver situações que estimulam o aparecimento de dores nas costas, denominadas lombalgias, dorsalgias ou cervicalgias, dependendo da área da coluna vertebral afetada.

Uma das causas de sobrecargas posturais, são os períodos muito extensos e contínuos em frente ao computador, porque isso força os discos intervertebrais, discos esses que servem de amortecedores da coluna e podem ser responsáveis pela dor.

A posição correta para acomodação da lombar é com a coluna bem encostada na cadeira, as pernas bem acomodadas na base e com os pés apoiados no chão, ou em bases portáteis posicionados a frente dos pés.

Uma das dicas é levantar de 45 em 45 minutos e se alongar. A posição sentada é a que mais força a coluna lombar, muito mais do que ficar na posição em pé.

Os alongamentos podem amenizar e prevenir as dores nas costas, proporcionando relaxamento e alivio das dores.

Também é importante a posição que deitamos durante o sono, sendo mais indicado o deitar na posição de lado, com os joelhos dobrados e travesseiros para acomodação da cabeça e entre os joelhos. Isso ajuda no alinhamento da coluna vertebral como um todo.

As dores na região do pescoço são problemas na coluna cervical, pois é o mesmo processo que ocorre na lombar, as duas partes da coluna mais sacrificadas.

Quem trabalha em frente ao computador, tendo a necessidade ao mesmo tempo de digitar o teclado, atender telefones e manusear agendas, como as secretárias de consultórios ou escritórios, desalinham os ombros e sobrecarregam a coluna cervical.

Uma outra dica é fazer com que o monitor esteja na altura dos olhos, os ante-braços e cotovelos apoiados no braço da cadeira, alinhados com o teclado do computador na altura correspondente a escrivaninha.

As dores nas costas podem acarretar outros sintomas como dor na nuca, dor na região dos olhos, do globo ocular. Há dores que irradiam para os braços e para as pernas, como consequências de inflamações dos nervos  que inervam essas regiões, demonstrando complicações importantes.

As atividades físicas são benéficas para o alivio e correções para quem tem dor nas costas, sendo contraindicadas atividades físicas de alto impacto, de uso da força física, de flexão ou torção.

Sempre que possível preferir a natação, hidroginástica e o uso do fortalecimento muscular controlado como na musculação e nos exercícios de Pilates.

O tratamento para ter sucesso dependerá da junção de mudança dos hábitos de vida, evitando o sedentarismo, as posições posturais viciosas e o controle do estresse.

E voltando a “Marvin”, a vida é pra valer, mas pode ser muito mais suavizada!

Similar Posts

%d bloggers like this: