Centro Cultural sedia primeiro workshop de cinema

Atividade foi realizada por meio da parceria com o MIS e Secretaria de Cultura

Paulo Ricardo Venâncio
paulo.venâncio@folhar.com.br

Recentemente o Centro Cultural de Votuporanga sediou o workshop intitulado “O Cinema dos Meus Sonhos”, atividade conduzida pelo cineasta Christian Saghaard, que possui vasta experiência em produção audiovisual. É importante ressaltar que essa foi a primeira oficina realizada por meio da parceria com o MIS (Museu de Imagem e do Som de São Paulo).  A ideia é que esses laboratórios sejam realizados mensalmente, com o intuito de viabilizar o acesso a produções audiovisuais, contribuindo para a formação de plateias, estimulando também a difusão de produções locais.

De acordo com o cineasta, o conceito principal da oficina é falar sobre o cinema onírico. “É um cinema inspirado em sonhos, no qual os participantes revelam os sonhos que tiveram ou que ainda tem, tanto na atualidade ou quando criança por exemplo. Inspirados nesses sonhos, elaboramos um mini roteiro de um vídeo, tudo muito dinâmico, com muito improviso, pois gravamos o material durante a oficina”, destaca Christian. Durante a atividade contrastamos o que essas pessoas pensavam do mundo quando eram crianças, com o que pensam hoje em dia, e qual é o reflexo dessas vontades anteriores, e como elas estão presentes agora no dia a dia de cada um”, completa.

Sobre a iniciativa Saghaard frisa que ações como essas são importantes para o município, pois existe aqui uma demanda considerável interessada em produção audiovisual. Salientando também o valor da troca de experiências entre produtor e participantes.

Hemer Roger Martin (Ticko Bboy), prestigiou a oficina e de acordo com ele a iniciativa é muito bem-vinda para o município. “Fiz questão de participar desse primeiro encontro para espalhar essa proposta. Como artista de Votuporanga, acredito que minha missão aqui é difundir a cultura. No âmbito de artista independente, colaborador e cidadão”, aponta.  “Ele tem um método bastante abstrato de trabalhar, o que diferencia de um produtor e outro, é uma iniciativa bacana e a cidade só tem a ganhar”, finaliza.

Para o publicitário César Ryugo, a oficina também foi enriquecedora. “Foi uma experiência fantástica, Christian tem muita bagagem, roda por aí fazendo esse tipo de projeto, é legal que ele venha e nos estimule a pensar. Nesses encontros temos oportunidade de encontrar pessoas que trabalham com isso, mesmo que sejam poucos, há uma troca de experiências”, conclui.

O vídeo produzido durante a atividade será posteriormente divulgado em um canal no youtube com o nome da oficina, para os participantes acompanharem o resultado final, compartilhar e divulgar o trabalho local.

Sobre o cineasta

Christian Saghaard é cineasta, fotógrafo e produtor de oficinas e mostras audiovisuais; trabalha há 20 anos em festivais e projetos de exibição, fazendo curadorias e programações. Dirigiu seis filmes de curta-metragem e um longa-metragem. Faz parte do Comitê de Seleção do Festival Internacional de Curta Metragens de São Paulo desde 1997, onde também é curador da Mostra Infanto-Juvenil. Programador e colaborador de mostras especiais do MAM (Museu de Arte Moderna de São Paulo), além de outros importantes trabalhos, incluindo ONGs e instituições culturais nacionais.

Similar Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

%d bloggers like this: