“A Bela e a Fera” inicia calendário de festivais de fim de ano das escolas municipais de Votuporanga

Nesta quarta-feira (6/9), o festival cultural “A Bela e a Fera” da unidade de ensino infantil Emei Alberto Ferreira Lopes, do bairro Vila Paes, dará início ao calendário de festividades de final de ano das escolas municipais da Prefeitura de Votuporanga. 

A apresentação começa às 20 horas no Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo”. A entrada é restrita apenas aos familiares dos 87 alunos participantes, que doaram alimentos em troca dos convites.

O Festival é um espetáculo infantil que mistura teatro, dança e transmite uma mensagem de amizade, amor e respeito ao próximo. O objetivo maior é de proporcionar às crianças uma oportunidade de representar e demonstrar suas potencialidades. A realização também tem como intuito divulgar o trabalho desenvolvido na Unidade Escolar, além de resgatar a cultura e valorizar a infância.

“Os festivais culturais desenvolvidos anualmente são capazes de unir profissionais de diferentes unidades escolares num gesto nobre de integração e cooperação em prol das crianças. Além de tudo, o projeto cumpre com sua responsabilidade social, a partir da arrecadação de alimentos em troca dos convites”, explicou o diretor da escola, Renner Willian Candido da Silva.

Tema

Um dos contos mais conhecidos do mundo infantil ganha uma nova roupagem no Festival Cultural “A Bela e a Fera” do Emei Alberto Ferreira Lopes. O espetáculo conta a história de um príncipe rico e arrogante que, certa noite, foi procurado em seu castelo por uma senhora pedindo abrigo e oferecendo em troca uma rosa.

Sentindo desconforto com a aparência da velhinha, o príncipe não lhe dá a mínima atenção, e na mesma hora a manda embora. Enraivecida, a senhora, de repente, se torna uma feiticeira e pune o príncipe por sua arrogância, transformando-o em uma horrenda criatura. Agora como Fera, o príncipe só pode voltar à sua aparência normal se fizer alguém se apaixonar por ele e viver uma linda história de amor. Mas quem poderá se apaixonar por uma Fera?

Anos se passaram até que Bela, uma simples camponesa, aparece no castelo e muda o rumo da história da Fera e de todos os criados que, também afetados pela maldição da feiticeira, foram transformados em objetos. 

Serviço

Festival Cultural “A Bela e a Fera”

Data: 06 de setembro, quarta-feira

Hora: 20h

Local: Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo”

Convites distribuídos, em troca de alimentos, aos familiares dos alunos. 

Similar Posts

%d bloggers like this: