Connect with us

Colunistas

Artigo Dr. Américo: NESSE INVERNO, CONVÉM CUIDAR DO CORAÇÃO

À medida que o frio avança, os hábitos adquiridos durante o verão e o outono vão sendo substituídos pelo eventual conforto do inverno: roupas pesadas, alimentação forte e uma sensação de aquecimento bem quieto dentro de casa. Mas é bom refletir se vale a pena passar a temporada de temperatura mais baixa hibernando e ganhando peso.

   Primeiro, é importante saber que as mortes por enfarte do miocárdio aumentam 30% durante o inverno, segundo estudos feitos em todo o mundo há pelo menos 50 anos. Até uma simples gripe ou a pouca atenção à prevenção favorecem as doenças do miocárdio, especialmente se a pessoa tem alguma predisposição e ainda não saiba.

   E a bateria de ataque ao coração só aumenta: pesquisa recente da Universidade de Sydney revelou que o risco de ataque cardíaco é 17 vezes maior após uma infecção respiratória. Pelo estudo, publicado no Internal Medicine Journal, doenças como pneumonia, gripe ou bronquite podem desencadear os problemas.

   Os dados mostram que o aumento do risco não ocorre necessariamente no início dos sintomas da infecção respiratória, mas atinge picos nos primeiros sete dias e vai reduzindo gradualmente. Os cientistas afirmam que o perigo, no entanto, permanece mais alto durante um mês.

   Foram analisados 578 pacientes vítimas de ataque cardíaco por obstrução da artéria coronária – e todos forneceram informações sobre a ocorrência de doenças respiratórias, como dor de garganta, tosse, febre, dor no seio, sintomas de gripe, e se ainda relataram um diagnóstico de pneumonia ou bronquite nos dias que antecederam problema no coração. Entre os pacientes analisados, 17% relataram sintomas de infecção sete dias antes do ataque cardíaco, e 31% em até 31 dias.

   O estudo ajuda a explicar a existência de picos de ataques cardíacos durante o inverno, quando essas infecções são mais comuns. Uma das hipóteses para que a exposição a infartos seja maior após o registro de infecções respiratórias é a ocorrência de alterações no fluxo sanguíneo.

   Para não se tornar alvo desses ataques, o melhor remédio é procurar um médico, submeter-se aos exames e se precaver, como, por exemplo, avaliar as vacinações. Depois, seguir uma dieta própria e se preparar para uma vida longa e mais saudável.

   Todas essas doenças vasculares – AVC’s, hipertensão, infarto, aterosclerose e outras – resultam de um estilo de vida inapropriado. Entre os principais fatores que ocasionam estas doenças estão má alimentação, tabagismo, álcool, sedentarismo, obesidade ou portadores de diabetes, além do estresse do dia-a-dia.

   Mesmo que a pessoa não fume, não beba e caminhe regularmente, deve ficar atenta, pois viver sem estresse nas grandes cidades brasileiras é quase um milagre. Sem poluição, impossível. Importante saber que qualquer pessoa pode sofrer de pressão alta, essa doença silenciosa. Estima-se que ¼ da população seja hipertensa.

   E nada na medicina substitui aquele verbo que todos conjugam, mas poucos o praticam: prevenir. Não contém nenhuma contra-indicação. Mesmo que não haja na família um parente com histórico de doença coronariana, ou mesmo nenhum sintoma, não deixe de estar sempre atento ao seu coração.

   Também é importante manter a visita ao médico em dia, realizar os exames, monitorar os medicamentos, além de praticar exercícios indicados e seguir uma alimentação saudável.

   Estudos realizados em hospitais especializados paulistas mostraram que, ao sentir frio, os receptores nervosos da pele estimulam a liberação de adrenalina e noradrenalina, este um hormônio responsável por contrair os vasos sanguíneos.

   Todas as pesquisas indicam que a pressão arterial costuma ser mais alta no inverno, época na qual se consome alimentos mais calóricos. O problema é que isto vem junto com a preguiça de praticar exercícios físicos para queimar calorias.

   É preciso mudar a história: a pessoa deve manter no inverno a frequência, o volume e a intensidade da atividade física costumeira – de preferência, de três a cinco vezes por semana, com duração de trinta minutos a uma hora.

   Atenção aos sintomas que se manifestam em quase todas as doenças do coração ou que podem indicar algum tipo de comprometimento cardíaco:

   – Falta de ar, seja no repouso ou no esforço; dor no peito, em virtude de má circulação sanguínea no local; cansaço fácil; desmaio após atividade física intensa; dor de cabeça; inchaço nos tornozelos.

   Enfim, é importante se aquecer no inverno. Porém, o mais importante é passar por ele com boa saúde, sem correr nenhum risco.

(*) Américo Tângari Junior é especialista em cardiologia pela Sociedade Brasileira de Cardiologia e Associação Médica Brasileira

Deixe seu comentário

Publicidade

Blog do Alexandre

Panorama Político – 02/08

Emenda
O vereador Chandelly Protetor deve apresentar uma emenda ao novo regimento da Câmara de Votuporanga que deve entrar em votação nas próximas semanas. Esta emenda sugere que não aconteça a apresentação de voto de congratulações em ano de eleições municipais.

Justificativa
“Em razão do número excessivo de homenagens, através de Votos de Congratulações estarem gerando diversas críticas pelos nossos cidadãos, inclusive nas redes sociais, entendendo ser necessário que essas possam ser limitadas” afirmou o vereador em sua justificativa.

Não para por aí
Não satisfeito, o vereador vai além, ele vai propor outra emenda no mesmo sentido, mas limitando as homenagens de Título de Cidadão e Insígnias de Honra ao Mérito por vereador. Chandelly quer que os vereadores possam apresentar somente duas homenagens por Legislatura.

Apoio
Nos bastidores, as duas emendas estão ganhando apoio de outros vereadores.

Abuso
Alguns vereadores abusam das homenagens, isso é evidente. Tem vereador em Votuporanga que tem até apelido sobre isso e não sabe.

Estratégia “eleitoreira”
As homenagens é uma ótima e eficiente “manobra eleitoreira”. Na terra dos mais humildes, homenagens podem significar mais votos nas próximas eleições. Os parentes e amigos do homenageado, tocados pelo ato honroso do nobre edil, podem “retribuir” o gesto com seu votinho, como diz o ditado: plantar para colher, quanto mais plantar, maior será a colheita.

Olhos abertos
Fiquemos de olhos abertos para a reação de alguns vereadores nos próximos dias quando essa notícia espalhar.

Outra emenda
Vou sugerir para o vereador Chandelly fazer mais uma emenda: proibindo os vereadores de cobrarem na justiça comum 13º e férias de legislaturas passadas. Só em Votuporanga, dois vereadores, segundo eles dentro da lei, requereram os direitos. Pode ser legal, mas é imoral. Estes imorais, são seres repugnantes da velha política, são como graxa, grudam na gestão pública e nunca mais saem. Enriquecem, privilegiam os amigos mais próximos e dão risada da cara do povo.

Deixe seu comentário

Continue Lendo

Blog do Alexandre

Panorama Político – 31/07

Foragido
O presidente do Grupo Petrópolis, alvo da 62ª fase da Operação Lava Jato, Walter Faria, está foragido. Conforme a Polícia Federal (PF), o empresário deixou a residência pouco tempo antes da chegada dos policiais, na manhã desta quarta-feira (31).

Operação
Batizada de Rock City, a fase da operação mira o pagamento de propinas disfarçadas de doações eleitorais e operações de lavagem de dinheiro feitas pelo Grupo Petrópolis, da marca de cerveja Crystal.

Propina
O Grupo Petrópolis, conforme as investigações, teria auxiliado a Odebrecht a pagar propina por meio da troca de reais no Brasil por dólares em contas no exterior. Segundo o Ministério Público Federal (MPF), as irregularidades são investigadas desde 2016, quando uma planilha com nomes de políticos e referência à cerveja Itaipava foi achada na casa do executivo da construtora Odebrecht Benedicto Junior.

Doações
Vários candidatos da região receberam doações da Odebrecht nas eleições passadas, seu eu começar a dar nome aos bois, vocês vão ficar espantados. Por enquanto, estou fazendo o levantamento e em breve vou divulgar aqui. O material público é vasto, não tem como esconder.

Documentos
Em setembro de 2017, Faria entregou à Polícia Federal planilhas com informações sobre repasses da empresa a políticos a pedido da Odebrecht. De acordo com os documentos, 255 doações foram realizadas somente nas campanhas de 2010 e de 2012, somando mais de R$ 68 milhões.

Desfile Cívico
Votuporanga terá o desfile cívico pelo terceiro ano consecutivo. Os dois últimos anos a Folha Regional esteve presente fazendo a transmissão e acompanhando este momento festivo da cidade, este ano não será diferente.

Agosto de Deus
Por que agosto tem má fama? A fama de mês agourento cresceu no século 20, graças a acontecimentos como o suicídio de Getulio Vargas, (24/8/1954), e a renúncia de Jânio Quadros (25/8/1961).  Mas a má fama de agosto não é exclusividade da cultura lusobrasileira. Os romanos, no século 1, acreditavam que um dragão passeava pelo céu noturno em agosto (mês, aliás, batizado por eles em homenagem ao imperador Augusto). O monstro nada mais era do que a constelação de Leão, mais visível nessa época do ano.

Natal
Faltam exatamento 147 dias para o Natal e 154 dias para o ano novo, mas calma, o ano de agosto só está começando. 

Deixe seu comentário

Continue Lendo

Blog do Alexandre

Panorama Político – 29/07

Fervilhando
Os bastidores da política votuporanguense estão fervilhando com os últimos acontecimentos. Chegou ao ouvido deste colunista uma insatisfação de um grupo de vereadores com o presidente da Casa, Meidão (PSD).

Fonte
Segundo essa fonte, medidas estariam sendo preparadas por estes vereadores e que eles poderiam acionar o jurídico da Casa de Leis. Qual insatisfação seria essa? Talvez as próximas colunas respondam isso.

Função do presidente da Câmara
O presidente da Câmara Municipal integra a Mesa Diretora e a preside. Ele é o representante legal da Câmara, tanto nas relações externas, como nos trabalhos internos, desempenhando as funções Legislativa, de Direção, de Administração e, principalmente a função Representativa.

Representante
O presidente possui não só a prerrogativa, como o dever legal de atuar em nome da Câmara, especialmente nas atividades externas (relações que a Câmara mantém, por exemplo, com o Prefeito).

Função Legislativa
O presidente da Câmara exerce a função Legislativa quando atua orientando a elaboração das leis, seja dirigindo os trabalhos da casa, presidindo o Plenário, seja dando voto de desempate nas deliberações. Ao presidente cabe a tarefa de promulgação das Leis, Decretos Legislativos, Resoluções, nos termos da Lei Orgânica Municipal e do Regimento Interno da Câmara.

Função Administrativa
É a que o presidente exerce no sentido de imprimir organização aos serviços da Câmara. São também Funções Administrativas todas aquelas que se relacionam com a expedição de Atos Executivos que devem ser praticados pelo próprio Legislativo. Outra importante atividade do presidente da Câmara Municipal é a de dar posse ao prefeito, vice-prefeito e vereadores que assumem o mandato no decorrer de uma legislatura, podendo declarar vaga ou extinção, quando o caso.

Deixe seu comentário

Continue Lendo

POPULARES