Aprevo promove arraiá na Unidade de Diálise da Santa Casa

2 minutes, 16 seconds Read

Música, danças e comidas típicas de festa julina dentro do hospital. Sim, isto é possível. Quem esteve na Unidade de Diálise da Santa Casa de Votuporanga nesta semana encontrou este cenário acolhedor e muito animado. 
A Associação dos Pacientes Renais de Votuporanga (Aprevo) realizou arraiá, na sala de recepção da unidade. Ao som do Trio Brisa Suave, os pacientes foram recepcionados com muita diversão, aliviando o tratamento de Diálise e Hemodiálise.

Mal chegou no Hospital, Gilmar Botão, de 49 anos, mostrou toda sua animação. “Qual mulher vai dançar comigo hoje?”, dizia o paciente de Hemodiálise há quatro anos. Em menos de cinco minutos, ele mesmo encontrou uma parceira: a gerente de enfermagem, Neusa Vicente. Entre um passo ou outro de dança, Gilmar confessou: “Eu adoro festa, tocava sanfona com minha família em shows da região”, afirmou. 

Acompanhando toda a animação de Gilmar, estava Dirceu Pires Bueno, de 76 anos. “Eu acho que a festa deixa o ambiente mais alegre. Chego mais feliz. Se não tivesse problema no joelho, estaria dançando”, falou.

Maria Zilda Lopes da Silva tem 80 anos e faz tratamento há oito meses. Mais tímida, ela acompanhou toda a festa ao lado de sua filha Maria Isabel da Silva Bandim. “É muito bacana. Os pacientes chegam debilitados e esta festa anima a todos”, disse Maria Isabel.

A alegria e sorrisos ajudam no tratamento. “Os pacientes aguardam ansiosamente a festa. É uma iniciativa da Associação, que faz toda a diferença. Renovam as energias, trazendo conforto, alegria e esperança”, destacou a gerente de enfermagem.

O evento foi realizado em dois dias, em dois turnos, para incentivar a participação. Foram servidos gratuitamente pipoca, cachorro-quente, paçoca, chocolate quente e bolo de milho. “Trabalhamos com atividades lúdicas para comemorar São João e São Pedro há mais de 10 anos. Queremos transmitir alegria, saúde e bem-estar. Não focamos na doença, mas, sim, na saúde; e saúde tem festa e felicidade”, afirmou a presidente da Aprevo, Hermelinda Marcaci Olivo.

O arraiá não faz bem apenas para os pacientes, mas também para os voluntários da Associação. “A gente fica com o coração cheio de amor, felicidade e harmonia. Trabalhamos para levar conforto e qualidade de vida”, contou Maria Isabel Areliano.

O provedor da Santa Casa, Luiz Fernando Góes Liévana, parabenizou Aprevo pela iniciativa. “O foco do nosso Hospital é atendimento humanizado e a festa julina vem somar com este propósito. O evento muda a rotina destes pacientes, que têm tratamento contínuo e traz benefícios diretos a eles, promovendo saúde”, finalizou.

Similar Posts

%d bloggers like this: