AME Votuporanga arrecada agasalhos para Santa Casa

2 minutes, 0 seconds Read

Mais de 130 peças foram entregues para a Unidade de Hemodiálise da Instituição

Durante todo o mês de maio, o Ambulatório Médico de Especialidade (AME) Votuporanga reuniu esforços de colaboradores, médicos e usuários na campanha de agasalho promovida pela Comissão de Ética da unidade em prol dos pacientes da Santa Casa de Votuporanga.

A campanha resultou na arrecadação de 135 peças de frio. As doações foram realizadas na Unidade de Diálise. “Sabemos da necessidade do Hospital e envolvemos a todos nesta causa. Arrecadamos centenas de peças que foram direcionadas para a Santa Casa e as infantis para a Casa da Criança. Nos sentimos honrados de contribuir com a Instituição, que administra nosso AME e é referência de atendimento humanizado”, disse a gerente administrativa Marilza Cardi.

A gerente de enfermagem, Cecília Bolzan, afirmou que as roupas serão entregues aos pacientes que necessitarem. “Vocês não imaginam o quanto que esta atitude representa para nossos assistidos”, destacou.

O provedor da Santa Casa, Luiz Fernando Góes Liévana, agradeceu a iniciativa. “As peças serão bem-vindas, principalmente porque o inverno se aproxima. O AME é muito parceiro de nosso Hospital, promovendo ações que fazem a diferença no dia a dia dos atendimentos, acolhendo com amor e demonstrando toda a sua solidariedade e sentimento de pertencimento ao Complexo”, disse.

Após a entrega de roupas, o provedor convidou integrantes da Comissão de Ética do Ambulatório a conhecer a Unidade de Diálise.  “Somos referência em terapia renal substitutiva para 17 municípios da região. São assistidas as cidades Valentim Gentil; Magda; Floreal; Monções; Sebastianópolis do Sul; Nhandeara; Riolândia; Cardoso; Américo de Campos; Álvares Florence; Cosmorama; Votuporanga; Parisi; Macaubal; General Salgado; Gastão Vidigal e Pontes Gestal”, complementou.

Cecília contou que, no mês passado, foram atendidos 189 pacientes, dados apenas do Sistema Único de Saúde (SUS). O setor conta com equipe multidisciplinar especializada que é composta por nefrologistas, enfermagem, psicóloga, assistente administrativa, recepcionistas, nutrição e higiene/conservação.

Representando o Comitê estavam Elen Oliveira, Marcela Cristina Pessoa e Julio Cesar Alves. “Não conhecia a Hemodiálise, foi a primeira vez que estive no setor. Foi muito interessante acompanhar o trabalho e saber como nossa doação pode fazer a diferença”, finalizou Julio.

 

Similar Posts

%d bloggers like this: