Ainda há tempo

author
2 minutes, 6 seconds Read

O ano acaba hoje e apesar disso, amanhã o mundo continuará o mesmo, a dieta ficou para amanhã, a visita para depois, a arrumação para o ano que vem. Os caminhos a serem seguidos não dependem do final de um ano ou início de outro, mas sim do desejo ou necessidade de cada um em mudar ou fazer algo diferente. Assim, se não houver tempo para a saúde, haverá de ter para a doença, se não escolher as sementes do plantio, não saberá o que irá colher.

O tempo das realizações está em nossas mãos, cada um deve saber como dividi-lo para aproveitar tudo o que se pretende na vida. Ainda há tempo de plantar sonhos possíveis, de colher bons resultados, de acolher o renegado, perdoar o ultrajado. Ainda há tempo de pensar em recomeçar, de cair e levantar, do coração abrandar.

Para tudo o que realmente queremos o tempo é nosso aliado, mas para todo o resto, o infinito é o limite… “não deu tempo”, “perdi a hora”, “agora não posso”, “está muito corrido”.

Todas as formas de desculpas são pertinentes quando o “tempo que não deu tempo” fora para agradecer, rezar, confortar, reciclar, ajudar, se doar. O “tempo que sempre dá tempo” se resume em comprar, gastar, trocar, ostentar, apegar, se enganar.

Somos todos seres humanos em processo de evolução, não acertamos sempre nem erramos o tempo todo, somos desequilibrados, uma briga constante entre o ser e o poder, a razão e a emoção, as escolhas e as renúncias.

O relógio está correndo, mas ainda há tempo para um beijo, um telefonema, um carinho, um abraço, uma lembrança, um botão de rosas, um chocolate, um olhar, um sorriso, um pequeno gesto de amor.

Sempre haverá tempo… o mundo não viverá seu sucesso nem gastará seu dinheiro, mas as cobranças e punições por não ter feito nada de bom na vida, certamente acontecerão. Terá remorso, arrependimento e a certeza que chegou ao fundo do poço, onde nada mais será possível fazer por si ou pelo próximo. Nesse momento, o melhor a fazer é fechar os olhos, fortalecer a fé, fazer uma prece e agradecer por poder mudar o rumo das coisas, acreditando sempre que por mais difícil que pareça sua missão, ainda há tempo de mudar, e sempre haverá. Um ótimo ano novo a todos.

Similar Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

%d bloggers like this: