Folha Regional

A melhor pele na melhor idade

Com o aumento da expectativa de vida, entender o que acontece com a pele no processo de envelhecimento é importante para protegermos o maior órgão do corpo.

A intensidade desse processo depende de fatores internos e externos. A própria passagem do tempo, que inclui variações hormonais, associada à constituição genética, hábitos alimentares, exposição ao sol ou doenças de outros órgãos contribuem para a modificação da pele. Dentre as principais alterações, citamos uma menor adesão entre as células, conferindo menor resistência a traumas e função de barreira diminuída. Há também menos colágeno, elastina e outras substâncias, em especial ácido hialurônico, repercutindo em flacidez, rugas e pele fina. A diminuição na taxa de renovação celular eleva o tempo de cicatrização das feridas, que pode chegar a duas ou três vezes mais do que o de uma pessoa jovem.

Diante de uma composição modificada, os cuidados também devem ser diferenciados, atendendo essa transformação de forma plena e garantindo a integridade do tegumento.

– Hidratação cutânea:

O ressecamento cutâneo leva a coceira, uma queixa muito comum nessa faixa etária. Além da diminuição da atividade das glândulas sebáceas e sudoríparas, a disfunção hormonal e também alterações da tireóide são causas de pele seca. Além de realizar exames específicos, a rotina diária deve incluir o uso de hidratantes, principalmente após o banho. Prefira texturas em cremes, que ajudam a hidratar e dar mais luminosidade à pele. Beber água também hidrata a pele, e na terceira idade tende-se a sentir menos sede; a dica é tomar água mesmo sem vontade, a não ser que haja alguma restrição hídrica.

– Controle da exposição solar:

A pele mais fina torna-se mais vulnerável às agressões da luz ultravioleta, incluindo o câncer de pele. Além disso, os raios solares aceleram o envelhecimento. Por isso, não descuide da proteção solar diária com o filtro.

– Ativos para a diminuir as rugas e a flacidez:

A redução progressiva das fibras de sustentação da pele a deixam enfraquecida e sem elasticidade, além de perder o tônus e o volume facial. Os cremes anti-idade e alguns tratamentos que estimulam o colágeno podem ajudar a minimizar esse efeito. Procure manter uma rotina de aplicação de produtos específicos para a pele madura.

– Atenção para manchas e lesões:

Com a pele mais vulnerável, várias lesões cutâneas podem surgir, desde manchas provocadas pelo sol, até erupções causadas por medicamentos. É importante sempre ser avaliado por um dermatologista.

O tempo não para. Assim, cuidar de nossa pele faz com que essa transformação seja gentil, a fim de alcançarmos uma aparência que satisfaça nosso espelho na melhor idade.

Deixe seu comentário

Da Redação

Follow us

Don't be shy, get in touch. We love meeting interesting people and making new friends.

Most popular