2º Fórum de Debates em Gerontologia da UNIFEV discute propostas para a melhoria da qualidade de vida do idoso

O 2º Fórum de Debates em Gerontologia, promovido pela Pós-Graduação UNIFEV, no último sábado (dia 24), foi um sucesso. O evento, que aconteceu pela manhã, no Auditório da Cidade Universitária, reuniu cerca de 100 estudantes e profissionais da Saúde de Votuporanga e toda região.

Nessa edição, o Fórum teve como tema as “Redes de atenção e proteção à pessoa idosa”. A programação abrangeu quatro palestras com profissionais de áreas diversas, além de uma mesa redonda sobre as demandas em saúde e assistência social direcionadas ao público da 3ª idade.

Durante a abertura do evento, o coordenador da Especialização em Gerontologia e idealizador do encontro, Prof. Me. Ricardo Aparecido Lúcio Martins, agradeceu a todos pela presença, frisando a importância de realizar um debate como esse.

“Muito obrigado por terem vindo e por terem confiado naquilo que mais temos de nobre: o cuidado com as pessoas que precisam de nós. A população idosa do Brasil aumenta a cada ano, por isso, queremos que haja um envelhecimento saudável e, antes de mais nada, que aconteça avanços na melhoria da qualidade de vida desse público”.

Ainda de acordo com Martins, as principais estratégias discutidas no evento serão encaminhadas aos órgãos competentes da área.

Em sua fala, a coordenadora de Pós-Graduação da UNIFEV, Profa. Ma. Edilene Regina Simioli, destacou o caráter comunitário da Fundação Educacional de Votuporanga (FEV).

“A FEV é uma instituição privada e sem fins lucrativos, o que significa que seu dono é a comunidade. Sendo assim, um dos seus papeis mais importantes é a promoção de iniciativas de cunho social, visando à qualidade de vida e ao bem-estar da população. Fico muito feliz de ver que essa discussão, tão relevante, nasceu de um Programa de Pós-Graduação”, afirmou.

Similar Posts

%d bloggers like this: