Ligue-se a nós

Destaques

Cerca de 1,7 mil atendimentos por mês são realizados no Horário do Trabalhador nas Unidades de Saúde de Votuporanga

O atendimento em horário especial, das 17h às 19h, atende munícipes há mais de 10 anos no Município

Em busca de oferecer horário diferenciado nas Unidades de Saúde, a Secretaria Municipal da Saúde da Prefeitura de Votuporanga oferece o Horário do Trabalhador há mais de 10 anos. Em média, atualmente, são realizados 1,7 mil atendimentos por mês em todas as Unidades que possuem o atendimento em horário especial, das 17h às 19h, em dias determinados pela Pasta.


Nesta gestão, cinco Unidades de Saúde implantaram o Horário do Trabalhador, sendo Consultório Municipal VI “Dr. Oswaldo da Cruz Oliveira Júnior”, Consultório Municipal IX “Dr. Walter Eleutério Rodrigues”, USF V “Josephina Pirotello Pesciotto”, Consultório Municipal “Dr. João Carlos Botelho de Miranda” e Policlínica Municipal “Dr. Alberto Carlos Pesciotto”.


Além das cinco Unidades de Saúde que implantaram o horário nesta gestão, também atendem no Horário do Trabalhador: USF III “Daniele Cristine Lamana”; USF IV “Carmem Martin Maria Morettin”; PAS III “Dr. Jonas Pires Corrêa”; Consultório Municipal I “Jerônimo Figueira da Costa Neto”; Consultório Municipal II “Dr. Gumercindo Hernandes Morales”; Consultório Municipal III “Dr. Joel Pereira dos Santos”; Consultório Municipal V “Dr. Ruy Pedroso”; e Consultório Municipal VIII “Dr. Martiniano Salgado”.

Segundo a Secretaria Municipal da Saúde, o objetivo é atender a população que trabalha e que não pode se deslocar até a Unidade em período comercial. Dessa forma, o Horário do Trabalhador tem o menor índice de faltas em consultas no Município.

Para ser atendido no Horário do Trabalhador, o munícipe deve realizar o agendamento da consulta presencialmente. Os exames são oferecidos em horários de coleta das Unidades, de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h.

Destaques

Elektro reforça orientações de segurança para o carnaval

Para os dias de folia, a Elektro irá intensificar o quadro de equipes, com o objetivo de atuar rapidamente em caso de ocorrências. E para garantir a segurança dos foliões, a concessionária reforça o alerta para algumas medidas com a rede elétrica. Segundo os registros da empresa, as três principais causas de acidentes nesta época do ano são: o contato entre a fiação e pessoas que estão em cima de trios elétricos, as ligações provisórias do comércio informal, quando são feitas de maneira irregular e a direção perigosa, o excesso de bebidas alcoólicas pode resultar em acidentes envolvendo veículos e postes de energia.


Dicas de segurança durante os dias de folia:

  • Fique atento à altura do trio elétrico ou do carro de som, pois é necessária a distância mínima de dois metros abaixo da rede elétrica; em caso de colisão entre carros e postes, não se deve tocar ou se aproximar dos cabos caídos no solo e das partes metálicas dos veículos para evitar risco de choque elétrico;
  •  Respeite a distância de segurança necessária entre os enfeites e a rede elétrica;
  • Os enfeites devem ser confeccionados, preferencialmente, em plástico. Não utilize materiais condutores de eletricidade, como fitas metalizadas, papel alumínio ou laminado fios de cobre. Mesmo que os objetos arremessados não sejam metálicos, nunca devem ser lançados contra os fios, porque adereços de papel, quando molhados, podem ser condutores de energia;
  • Ao hastear bandeiras de escolas de samba, mantenha-as longe das fiações;
  • Não suba em postes para colocar faixas e placas para decoração de carnaval, pode provocar um acidente fatal;

Continue Lendo

Destaques

Polícia Militar realiza 37ª edição da Operação São Paulo Mais Seguro

Iniciativa desta sexta-feira (7) conta com equipes da PM distribuídas em mais de 1,3 mil pontos em todo o Estado

Desde 5h desta sexta-feira (7), a Polícia Militar desencadeia atividades da 37ª edição da Operação São Paulo Mais Seguro em todo o Estado, com a finalidade de garantir a continuidade da redução dos indicadores criminais, aumentando a presença ostensiva para melhorar a percepção de segurança das pessoas e combater o crime.

A iniciativa tem a mobilização de 16.415 policiais militares, com o emprego de 7.112 viaturas e onze helicópteros, distribuídos em 1.386 pontos. As equipes estarão em locais estratégicos, apontados pelo serviço de inteligência da PM, para sufocar possíveis ações de criminosos.

Continue Lendo

Destaques

Centro de Estudos de Línguas tem vagas remanescentes para alunos da rede estadual

Centro de Estudos de Línguas tem vagas remanescentes para alunos da rede estadual

Estudantes da rede estadual que desejam aprender um novo idioma ainda neste semestre podem se inscrever em uma das 201 unidades do Centro de Estudos de Línguas (CEL). O ano letivo começou nesta segunda-feira (3), mas alunos interessados em vagas remanescentes ainda podem se matricular.

Nos CELs são oferecidos cursos de estudar alemão, espanhol, francês, inglês, italiano, japonês e mandarim. As aulas acontecem no período de contraturno ou aos sábados. Os cursos são organizados por semestre, exceto o de inglês que é anual.

A oferta de idiomas varia de acordo com a demanda e disponibilidade de um professor habilitado para ministrar as aulas. Para saber quais escolas vinculam o CEL, e quais os idiomas e as vagas disponíveis, o aluno pode procurar a secretaria de sua escola ou uma das 91 Diretorias Regionais de Ensino.

A matrícula deve ser feita presencialmente na unidade escolar que abriga o Centro de Estudos de Línguas. No ato da matrícula deve ser apresentado uma cópia do documento de identidade (RG) e declaração de matrícula com número do Registro de Aluno (RA). Menores de 18 anos devem estar acompanhados dos pais ou responsáveis.

Inglês e mandarim

Para fazer as aulas de inglês e mandarim é necessário estar cursando o Ensino Médio. Para os demais idiomas, basta estar matriculado em uma das turmas a partir do 7º ano do Ensino Fundamental do ensino regular ou da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Formato do curso

O Centro de Estudos de Línguas tem entre seus objetivos aumentar as chances do aluno de participar de programas de intercâmbio estudantil, feiras de ciências e fóruns internacionais, além de ampliar as possibilidades de inserção no mercado de trabalho formal, por meio da comunicação em línguas estrangeiras em contextos profissionais.

A metodologia desenvolvida em sala de aula objetiva o desenvolvimento da prática oral e cultural dos idiomas. O rendimento dos estudantes é avaliado em provas escritas e orais em sala de aula. Além do certificado, o desempenho e carga horária do curso são registrados no histórico escolar.

Continue Lendo

POPULARES